domingo, 24 de dezembro de 2017

FERNANDO Horta!

Maluf e a chocante covardia que se tornou a justiça brasileira


SOU de uma geração para quem Maluf era o exemplo mais bem acabado do problema do Brasil. Todos sabiam que era corrupto, todos sabiam que roubava, e ainda assim ele fazia tudo e dava gargalhadas sobre nossas cabeças. Maluf ensinou que não se deve mexer com corruptos em altos postos. Era o exemplo da tese do Caligaris no livro "Hello, Brasil". Maluf fazia e o Estado brasileiro, por conivência ou inépcia, aceitava.

Por anos quisemos Maluf preso. Quisemos ver aquele sorriso cínico atrás das grades. Por anos o Estado brasileiro nada fez.

O problema é que quem está sendo preso não é aquele Maluf. Aquele que roubava e tinha desde delegado até presidente para lhe proteger as costas. Aquele Maluf que chamava general de exército pelo apelido. Aquele Maluf sambou na cara do povo brasileiro por décadas. O que está sendo preso é um velho doente, sem mais qualquer ligação ou serventia aos atuais corruptos. O Maluf que está sendo preso é usado como troféu para mostrar como as "instituições brasileiras estão funcionando".


O Maluf de hoje está na presidência. Zoando com a cara de toda a população. Tendo de delegado chefe da PF, até ministro para lhe proteger as costas. O Maluf de hoje rouba e coloca o dinheiro em malas filmadas e o Estado brasileiro nada faz. O Maluf de hoje, aquele da presidência, manda até prender o Maluf de verdade.

Manda e o STF obedece porque o Estado brasileiro continua inepto ou conivente. Só que agora adicionou também o sadismo e as quebras das próprias leis. O novo Estado brasileiro, o que prende velhos decrépitos de 80 anos, tortura pessoas para obter "delações premiadas", e forja e manipula provas para usar contra seus desafetos é pior que aquele Maluf, o velho Maluf. O Estado brasileiro se tornou putrefato e ao prender velhos de 80 anos com histórias criminosas continua mostrando que sempre existirá um Maluf que manda e que não tem nada a Temer. (Contrapontohttp://contrapontopig.blogspot.com.br/2017/12/n-23055-fernando-horta-o-maluf-de-hoje.html)

Paulo Maluf tem de pagar pelo que fez (e também pelo que não fez) ao povo brasileiro. Assim como ele, há muitos por aí (sexagenários, septuagenários, octogenários, de todas as idades) livres, leves e soltos. 

A prisão de Maluf cheira realmente à preparação de terreno para justificar prisão de Lula, o que já vem sendo feito há décadas. Com a aproximação do período eleitoral, Lula se torna um perigo real a todos que não desejam a volta de um governo voltado para as camadas mais pobres da população brasileira. 

Que a justiça seja então para todos e não só para alguns!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!