quarta-feira, 4 de abril de 2012

NEM PELÉ, Eike Batista e Hugh Hefner juntos têm a vida de Neymar. Ele não quer ir para a Europa porque já vive em Pasárgada…

divulgacao32 976x1024 Nem Pelé, Eike Batista e Hugh Hefner juntos têm a vida de Neymar. Ele não quer ir para a Europa porque já vive em Pasárgada... HÁ QUEM não entenda os motivos de Neymar ficar no Brasil. Ainda mais quando ele poderia estar no Barcelona ou no Real Madrid, Chelsea, Manchester City.


Wagner Ribeiro, o homem dono de 101 almas, conversou com dirigentes destes clubes.

Por ele, o santista estaria jogando desde o ano passado no Real Madrid. 

Mas o jogador que conhece desde os 12 anos o surpreendeu. Se recusou a sair de Santos, do Brasil. 


Ele teve uma visão simplista, mas eficaz.
Seus instintos falaram mais alto. Acertou em cheio. 

Não quis largar os mimos que o Santos e o Brasil lhe ofereciam. Com a esperteza de Luís Álvaro.  O presidente santista conseguiu a prorrogação de contrato até 2014 fazendo uma promessa.Um juramento, até. 

Deu sua palavra a Neymar Pai que seu filho ganharia no Brasil até mais do que se fosse na Europa. 

Os dois Neymar se dão bem demais.Um sabe o que o outro quer. 

O pai quer estabilidade financeira para a família para o resto da vida, aproveitar de maneira racional o talento do filho. 

Neymar quer viver tudo o que pode aos 20 anos.Ter uma vida que faz Pelé, Eike Batista e Hugh Hefner morrer de inveja. 

Ele é o melhor jogador da América Latina, sem contestação.Com dez patrocínios, seu rendimento mensal passou dos R$ 3 milhões. 

Foi além até da brilhante imaginação de Manuel Bandeira.
"Vou-me embora para Pasárgada.
Lá sou amigo do rei.
Lá tenho a mulher que eu quero.
Na cama que escolherei.
Vou-me embora para Pasárgada... 



A Pasárgada de Neymar é aqui.O Brasil está a seu dispor, oferecendo tudo de melhor: Dinheiro, qualidade de vida e mulheres.Muitas mulheres.
Há um harém espontâneo por onde passa.Com seus dois potes de gel no cabelo moicano.
O perfume que o delata há dez metros.As roupas e os óculos escuros de pagodeiro. O assédio feminino é inacreditável.
A mulher brasileira é das mais belas do mundo.E Neymar aproveita.



No seu lugar, quem não faria o mesmo?Em todo jogo do Santos costuma ter meninas com um plaquinha: "Neymar faça um filho comigo."

Nas ricas noitadas que frequenta, as mulheres só não levam placas. A finalidade é a mesma.
Mais esperto, chega de filhos... Já tem o seu.
E administrou a sua chegada de maneira admirável. Sem problema algum. Sem briga com a família da mãe, tudo facilitado.

Escolheu até o nome, David Lucca. Ela cuida do filho e ele, quando quiser, o visita.
Sem escândalos, nada. 

Tudo muito bem combinado, acordado. 



O filho e a mãe estão amparados financeiramente. Só não terão a companhia, a presença de Neymar. 


A família e a garota aceitam. Dificilmente se não fosse no Brasil, o atacante teria essa dádiva. 


E o garoto com seus 20 anos continua fazendo suas festas. Aproveita toda folga para rasgar o Brasil atrás das melhores baladas.
Cercado de amigos e segurança particular. 



Não há quem diga não a Neymar e sua gangue...Com a bênção do Santos. 


Muitas vezes vai até o pai para garantir a diversão do filho e evitar problemas. Não pode estar mais protegido.
Nunca conseguiria ter esse esquema no futebol europeu.
Já foi avisado disso. 



Como também sabe que seria difícil ganhar muito mais do que recebe. Ele tem consciência que é o sétimo maior salário do mundo.
Só perde para Messi, Cristiano Ronaldo, Rooney, Kaká, Beckham e Tevez.
Ou seja: já embolsa mais do que Iniesta, Xavi, Fernando Torres, Lampard, Ozil... E muitos jogadores consagrados em territórios europeus. Atletas que não têm dez por cento de sua liberdade.
Até o metrossexual libertino Cristiano Ronaldo sofre com os paparazzi. E a direção do Real Madrid não permitiria essa festa que virou avida de Neymar.


O conselho veio de Robinho. Um dos motivos de seu fracasso por lá foram as baladas.

Elas causaram a rejeição dos próprios companheiros de time. 

O que não acontece com o jogador na Vila Belmiro. O time todo o trata como um rei.
Espertos, sabem que seu talento garante premiações. E não é bom ficar contra Neymar.

Marcel é um exemplo claro disso. 

Quando estava dando um trote violento em Zé Love pelo seu aniversário, Neymar resolveu interferir. Ao tentar bater no ídolo santista, ele decretou seu fim no clube. Foi marginalizado pelo time. 

E despachado para fora da Vila Belmiro pela diretoria. Neymar é intocável, e sabe disso. Até mesmo Muricy Ramalho não o contesta pelo que faz nas suas noites pelo Brasil.
"Não sou babá de jogador. 

Para mim o que importa é nos treinos e nos jogos. O resto não é problema meu." Nunca na Europa um treinador teria essa postura. 

A notícia do dia é que Neymar comprou um iate. Gastou R$ 15 milhões. Foi até econômico, comprou de segunda mão.E o batizou de Nadine,o nome da mãe.

Vai singrar o mar com os amigos, as amigas, fazer o que quiser.Suas festanças serão no próprio iate...Tem direito e licença para isso.Nunca teria essa vida na Europa.Jamais.


Por isso a raiva do jogador quando Mano Menezes aponta o caminho da Europa.
Neymar já desfruta tudo o que tem direito por aqui. Já mora em Pasárgada.
Está explicada a sua falta de pressa em jogar no Barcelona. Ninguém no Brasil tem a vida do Justin Bieber do Suarão... 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!