sexta-feira, 20 de abril de 2012

NÃO DEU, Leão! Bahia 4 a 0

O adversário do time baiano nas oitavas de final será a Portuguesa


O BAHIA sofreu na primeira etapa, mas conseguiu deslanchar no segundo tempo, golear o Remo-PA, por 4 a 0, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, no jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil e avançou para as oitavas de final da competição.

Na primeira partida, em Belém, o Tricolor havia perdido a partida por 2 a 1 e com a vitória desta quarta-feira conseguiu reverter a vantagem. Agora, nas oitavas de final, o Bahia vai encarar a Portuguesa. A primeira partida deve acontecer no Canindé.
 
O jogo
O Bahia entrou em campo com uma estratégia bem definida para tentar reverter a vantagem do adversário. O time comandando por Paulo Roberto Falcão apostava na velocidade pelo lado esquerdo do campo. Após cruzamento pelo setor, a defesa paraense afastou mal e Júnior bateu forte, de primeira, mas Adriano fez grande defesa, aos dez minutos.

Bem postada, a defesa remista conseguiu levar a melhor sobre o ataque adversário, que dependia bastante da referência de Júnior para chegar ao ataque. Por outro lado, o Remo marcava forte e saia rápido. Numa destas escapadas, Reis ganhou na velocidade, ficou de frente para o gol, mas demorou para chutar e foi travado por Marcelo Lomba.

O tempo foi passando e o gol não foi saindo. Essa situação deixou o time do Bahia nervoso e as jogadas pelo lado direito ficaram escassaz e o time comeceu a errar passes no campo de ataque, o que era bom para o Remo, que seguia sem sustos de forma sólida na defesa.

Na volta do segundo tempo, os donos da casa botaram a cabeça no lugar e conseguir marcar. Aos 14 minutos, Madson recebeu de Morais partiu para cima da marcação e cruzou para trás. O meia Lulinha desacelerou e bateu de primeira, sem chances para o goleiro Adriano.

O gol tranquilizou ainda mais o Tricolor e fez com que o Remo tivesse que sair para o jogo. Com mais posse de bola o Bahia conseguiu marcar duas vezes em jogadas muito parecidas. Primeiro, aos 27 minutos com Rafael Donato e três minutos depois com Júnior. Sempre após cobrança de escanteio de Gabriel, pelo lado direito.

Aos 34 minutos foi a vez do meia Vander dar show. O atacante, que havia acabado de entrar, recebeu lançamento longo, aproveitou falha de Diego Barros, que furou, invadiu a área, driblou o goleiro e chutou. Em cima da linha, a defesa do Remo fez o corte, mas o camisa 18 pegou o próprio rebote e ampliou. (Agência Futebol Interior)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!