quarta-feira, 7 de março de 2012

HÁ 20 ANOS, o São Paulo abandonou a Copa do Brasil. Depois, a Copa abandonou o São Paulo

HÁ VINTE  anos, o São Paulo mudou a história da Copa do Brasil.

Fazia nove temporadas que o Brasil não vencia a Libertadores e, por isso, o torneio continental não era valorizado como hoje e, por isso, a Copa do Brasil não era vista como um torneio prioritário.

Bastou o São Paulo ganhar a Libertadores de 1991 para surgir o chavão: "A Copa do Brasil é o caminho mais curto para a Libertadores."

Só que em 1992, vinte anos atrás, o São Paulo não precisava do atalho e desprezou a competição. Como ganhou a final contra o Newell's Old Boys em 17 de junho e a Copa do Brasil foi disputada no segundo semestre, o Tricolor anunciou que não disputaria o torneio nacional. A vaga foi transferida para o Palmeiras, semifinalista derrotado pelo Internacional, no fim daquele ano.

Vinte anos depois, São Paulo, Botafogo e Atlético Mineiro são os únicos dos 12 mais tradicionais clubes do país sem a Copa do Brasil no currículo. Em 1992, o São Paulo abandonou a competição. Nos vinte anos seguintes, a Copa abandonou o São Paulo.

Ou quase.

O técnico Émerson Leão disse ontem, em Belém, que o São Paulo não venceu o torneio, porque o disputou poucas vezes. É verdade levando em conta as Libertadores jogadas sucessivamente entre 2004 e 2010. Mas nos anos 90, o clube poderia ter disputado Copa do Brasil e Libertadores simultaneamente. E fracassou em edições como 1996, quando escalou o volante Lima de maneira irregular e foi eliminado pelo Inter, 1997, eliminado pelo Vitória, 1998, pelo Vasco de Donizete Pantera, 1999, contra o Botafogo, 2001, contra o Grêmio, 2003, nas oitavas-de-final contra o Goiás.

O São Paulo começa hoje, contra o Independente-PA a busca pelo título que não possui. E que só chegou perto em 2000, ano de vice-campeonato com gol de Geovanni, para o Cruzeiro, no último minuto da decisão, no Mineirão. (Paulo Vinícius Coelho, em seu blog)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!