sexta-feira, 16 de março de 2012

FLAMENGO, depois de ganhar de 3 a 0, cede empate ao Olímpia do Paraguai

O FLAMENGO entrou em campo com Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love, mas foi Adriano que atraiu a atenção, no Engenhão, nesta quinta-feira. A torcida levou faixas pedindo o retorno do Imperador e entoou cantos em referência à volta do jogador. O Fla chegou a estar vencendo por 3 a 0. Mas o Olimpia não desistiu e foi atrás do resultado. O rubro-negro cedeu o empate. O resultado foi 3 a 3, e os jogadores do Fla saíram de campo sem acreditar no resultado.

A partida começou com o Flamengo tentando pressionar a equipe do Olimpia, mas o primeiro lance de perigo foi da equipe visitante. Aos 13min, em uma cobrança de escanteio, o meio-campo Orteman desviou a bola para o goleiro Paulo Victor, que defendeu em cima da linha. O rubro-negro respondeu aos 16min, Galhardo cruzou pelo lado direito, mas Vagner Love, que estava marcado, não conseguiu mandar a bola para o gol.

O time do Olimpia abusava das faltas, e em menos de cinco minutos, três jogadores foram punidos com cartão amarelo. Já o rubro-negro não conseguia passar pela marcação dura da equipe do Paraguai e com isso não avançava na criação das jogadas. A torcida do Fla começava a perder a paciência e esboçava vaias ao grupo.

Só que o Flamengo tinha Vagner Love, que era o melhor em campo pela equipe carioca. E aos 37min a história do primeiro tempo mudou. O artilheiro do amor deu um excelente passe para Bottineli. O meio-campo argentino não perdeu a chance e tocou por cobertura, a bola encobriu o goleiro Martín Silva e foi para o fundo da rede.

No final do primeiro tempo, aos 45min, Ronaldinho Gaúcho arrancou em velocidade e deu um bom passe para Vagner Love, que mandou para o fundo do gol. Porém, o artilheiro do amor estava um pouco à frente. Corretamente, o assistente anulou o que seria o segundo gol do Flamengo.

A segunda etapa foi marcada por uma mudança na postura do Flamengo, a equipe voltou disposta a aumentar a vantagem e garantir a vitória sem sustos. Logo no primeiro minuto, Ronaldinho Gaúcho pegou rebote na entrada da área e mandou no canto do goleiro Silva, que espalmou. Para o lado, Galhardo cruzou para área, na direção de Vagner Love, mas o artilheiro não alcançou a bola.

Ronaldinho Gaúcho fazia um segundo tempo completamente diferente da primeira etapa. O jogador se movimentava bastante e criava as principais ações ofensivas do Fla. Aos 10min, Luiz Antônio tocou para Vagner Love, que recebeu a bola dentro da área, o atacante passou pelo goleiro e foi derrubado, o árbitro marcou pênalti. Ronaldinho cobrou forte no canto direito do goleiro e ampliou para o rubro-negro.

Inspirado, R10 não parou por ai. O craque enxergou Luiz Antonio e deu um excelente passe para o volante, que bateu colocado e mandou para o fundo da rede. O Fla assegurava a vitória e Ronaldinho Gaúcho se tornava o principal jogador do segundo tempo.

O Olimpia chegou com perigo aos 29min. O atacante Pablo Zeballos entrou driblando a zaga e recebeu falta de Muralha. O próprio Zeballos cobrou uma bomba no alto e o goleiro Paulo Victor não alcançou a bola. Aos 38min, o atacante Luis Caballero ganhou por duas vezes de González, e mandou para o fundo da rede do Flamengo.

O golpe final veio aos 43min. O meio-campo Marín recebeu sozinho dentro da área e bateu cruzado para empatar a partida. Em uma partida que parecia ganha, o Flamengo entregou a vitória de mão beijada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!