terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

CASO acreditem...

O ÚLTIMO final de semana foi repleto de campeões do primeiro turno pelos Campeonatos Estaduais 2012. Fluminense, Figueirense, Cametá, Atlético-PR e ABC deram a volta olímpica nos Campeonatos Carioca, Catarinense, Paraense, Paranaense e Potiguar, respectivamente.

Após um post paulista (Veja aqui!), o blog rbrito emenda, nesta segunda-feira, uma matéria em cima deste quinteto campeão. O Fluminense, por exemplo, encerrou um jejum de 19 anos sem vencer a Taça Guanabara no Estadual do Rio de Janeiro. A notícia fica ainda melhor se olharmos as duas últimas temporadas.

Nos dois anos anteriores, o campeão do primeiro turno também faturou a Taça Rio (2º turno) e, consequentemente, o Campeonato Carioca. Foi assim com o invicto Flamengo, então comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, além do Botafogo, em 2010.

E a campanha do time de Abel Braga nem foi tão eficiente assim se comparada com o então 100% do Vasco. No geral, o Fluminense conseguiu cinco triunfos, dois empates e duas derrotas. Agora, o Tricolor, além da Taça Rio, terá que se dedicar a Libertadores da América.

Exceção?
Para ser campeão estadual, o Figueirense terá que quebrar um tabu que já vem desde 2008. Naquela oportunidade, este mesmo Figueira ganhou o primeiro turno e, depois, também levou o título do Campeonato Catarinense. A questão está nos últimos campeões de Santa Catarina.

No ano passado, a Chapecoense surpreendeu todos ao ficar com o trofeu estadual. O time de Chapecó, porém, ganhou o returno e depois o Estadual. O mesmo aconteceu com o Avaí em 2009 e 2010. O Leão catarinense levou o segundo turno antes de ser o dono de Santa Catarina por duas vezes consecutivas.

Após conquistar seis vitórias, dois empates e apenas uma derrota no primeiro turno, o Figueirense terá que provar ser exceção e que pode repetir o feito de 2008.

Contra ou a favor!
Nem Remo e muito menos Paysandu. O dono do primeiro turno do Campeonato Paraense é o Cametá. Após eliminar o Tuna Luso, o Cametá faturou a Taça Cidade de Belém em cima do Águia. No Estadual do Pará não há tabu para incomodar o campeão.

É verdade que no ano passado, o Independente faturou o returno para depois ficar com a taça em definitivo. Mas em 2010, o Paysandu levou o turno e depois a competição. Ou seja, o Cametá já caminhou metade da distância, basta seguir em frente.

Enquanto isso, no Paraná, o Atlético também tem boas notícias. Afinal, nos últimos três anos, o vencedor do primeiro turno acabou como campeão estadual. Em 2009 e 2010 o regulamento era diferente, mas o clube que ficou na ponta na primeira fase acabou se tornando dono do Estado do Paraná.

Aliás, desde 2009, seu último título estadual, o Furacão não ganhava o turno. Também pudera. Nos últimos dois anos, o rival Coritiba reinou absoluto no Campeonato Paranaense. Na temporada passada, o Coxa foi campeão do turno e do returno, eliminando até a final do Estadual.

E ai?
Atual bicampeão Estadual e maior vencedor do Brasil (Veja o post aqui!), o ABC tenta fazer diferente dos últimos dois anos. Em 2010 e 2011, o Mais Querido foi campeão potiguar após faturar o segundo turno. Nesta temporada, o ABC ganhou o turno.

Apenas em 2009, o campeão do turno também foi campeão do Estado no Rio Grande do Norte. Naquela oportunidade, o ASSU surpreendeu todos com os títulos no primeiro turno e no Estadual.

Participe do blog rbrito! Opine aqui ou através do www.twitter.com/rbrito1984
(blog do Rodolfo Brito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!