segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

ESTA postagem é só porque não tenho ainda outra melhor

VÁRIOS são os fatores que me levam a crer que finalmente o Corinthians irá vencer uma Libertadores. Não que entenda ser esse um torneio importante. A conquista do Brasileirão 2011 foi muito mais significativa. Timão provou ser regular do começo ao fim e por isso levou o penta. Na competição sul-americana prevalece o mata-mata e qualquer previsão fica complicada de ser feita. A regularidade é prejudicada. 

Desta vez, o clube atingiu outro estágio. Primeiro, manteve o grupo. Ninguém saiu. Ficaram Liedson, Sheik, Alex, Adriano, William, Paulinho, Ralf, Castan, todos jogadores de grande importância na campanha passada. Segundo, Tite também foi prestigiado. Elenco esteve sempre nas mãos do Barão dos Pampas e, na retranca ou não, equipe marca muito, chega junto e consegue os resultados necessários. 

Reforços que vieram até agora foram meia-boca. Atual diretoria poderia ter comprado melhor. Com certeza, depois das eleições do clube, quem assumir deverá investir. Equipe necessita de lateral-direito, esquerdo, goleiro razoável, meia-esquerda e um atacante de bom nível. Por incrível que pareça, Timão começa 2012 bem na frente, com time, esquema tático e gana de levar um título inédito. Sem falar do Itaquerão, o futuro estádio mais querido e maravilhoso do Brasil.
Agora vai!

E tenho dito!
 (blog do Chico Lang, corinthiano que só ele)



Não sei! Essa questão da Libertadores para o Corinthians me parece igual àqueles 23 anos sem conquistar um campeonato. Atrapalha muito.

Creio no riso e nas lágrimas como antídotos ao ódio e ao terror. Chaplin

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!