quinta-feira, 10 de novembro de 2011

MORRE o Super Ézio, atacante do Flu nos anos 1990

MAIS uma notícia triste para o futebol brasileiro. Faleceu nesta quarta-feira no Rio de Janeiro o ex-atacante Ézio, de apenas 45 anos e que marcou época no Fluminense-RJ, onde foi ídolo no início dos anos 1990. Fazia um ano que Ézio lutava contra um câncer do fígado e pâncreas e acabou sendo derrotado para a doença nesta quarta-feira no hospital de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. O Fluminense já decretou luto oficial e o velório de Ézio será no Salão Nobre do clube a partir das nove horas.

No Fluminense, Ézio foi campeão carioca de 1995, vencendo uma lendária final contra o Flamengo, quando o Fluminense venceu com um gol de Renato Gaúcho de barriga, após cruzamento de Ailton, no dia 25 de junho. O presidente do Fluminense era o médico Arnaldo Santhiago Lopes, também já falecido.



Quem foi Ézio

Batizado Ézio Leal Moraes Filho e nascido em Ponta de Itabapoana, no interior do Espírito Santo, no dia 15 de maio de 1996, Ezio foi revelado pelo Bangu-RJ e depois de perambular por Olaria-RJ, Americano-RJ e Portuguesa, chegou ao Fluminense em 1991 para tornar-se ídolo e ganhar o carinhoso apelido de "Super Ézio".

No Fluminense foi campeão carioca em 1995 e artilheiro da competição. Depois esteve no Atlético Mineiro, onde ficou dois anos. No final de carreira ainda jogou no CFZ-RJ, Inter de Limeira e Rio Branco-ES.

Após encerrar a carreira, passou a atuar como comericante, tendo uma loja de material de construção. (Agência Futebol Interior)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!