segunda-feira, 17 de outubro de 2011

SANTA Cruz Futebol Clube, um campeão de bilheteria no Brasil

O 12º jogador do Santa Cruz
SE UMA torcida no Brasil merece o status de 12º jogador, certamente é a do Santa Cruz.
Castigada nos últimos anos por rebaixamentos e pelos fracassos do clube no Estadual, sobravam razões para os tricolores darem às costas ao clube. 

Mas em vez disso, eles abriram os braços e ampararam o Santa. 

O Arruda lotado se tornou uma redundância nos jogos do Santa Cruz seja qual for a competição. 

Nesta Série D o envolvimento foi tamanho que o clube não só garantiu o acesso à Terceira Divisão como praticamente garantiu o título de campeão de bilheteria na temporada. 

Nas quatro divisões do futebol brasileiro, ninguém desbanca o Tricolor. Em seis jogos no Arruda, 243.87 torcedores estiveram presentes na “Meca” dos tricolores. 

Uma avassaladora média de 40.514. No jogo que garantiu a volta tricolor à Série C, 59.966 tricolores marcaram presença. 

Festa nas arquibancadas e alegria nos cofres do clube. O Santa Cruz faturou, só com receitas de bilheteria, R$ 2.385,529 nesta Série D. Para se ter uma ideia da dimensão da força tricolor, ao clube compete mais que a metade de todo o valor arrecadado em 162 jogos na competição. Somada a bilheteria do Arruda no empate com o Treze,  R$ 4.205,886 foram resgistrados nos borderôs. 

Como a folha do clube gira em torno de R$ 400 mil, o valor arrecadado não só ajudou a manter as contas em dia com o elenco como também possibilitou a direção do clube oferecer uma premiação diferenciada pelo acesso.
Mas os números não traduzem a realidade. 

A receita do jogo empate com o Treze foi de R$ R$ 1.010.860, mas o valor liquido destinado ao Santa foi de R$ 700 mil, que foram imediatamente destinados a ‘’cobrir’’ a folha salarial de setembro – paga na semana passada. 

- A torcida é nosso maior patrocinador. Ela vem nos custeando, nos tirou do ‘atoleiro’, mas estamos muito, mas muito distante de nadar em águas calmas. Estou muito feliz pelo acesso, mas preocupado com o amanhã do Santa. Temos de encontrar novas fontes de receita e não só depender da paixão de nossa torcida. Mas ela, inegavelmente, é a nossa maior parceira – diz o presidente do clube, Antônio Luiz Neto.
O presidente aproveitou para dar uma boa noticia ao torcedor tricolor:
- Para os próximos jogos vamos voltar aos preços dos ingressos em R$ 30 (a inteira) e R$ 15 (a meia-entrada). A torcida fez a parte dela e chegou a nossa vez de retribuir – concluiu. (do sítio da Rádio Clube do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!