terça-feira, 18 de outubro de 2011

MOVIMENTO "Fica, Garrincha!"


Por SILVIO RICARDO DA SILVA*

Escrevo-lhes a respeito da mudança de denominação do estádio daqui, de Mané Garrincha para Estádio Nacional de Brasília. 

Apesar de alguns esforços, não conseguimos coletar informações mais precisas a respeito da razão dessa mudança. 

Mas pouco importa, o fato é que ela é inaceitável e parece-me necessário fazer algum movimento a respeito. 

Escrevi um pequeno arrazoado sobre o tema e esbocei o nome ´Movimento FicaGarrincha!´ para as ações. 

Caso você tenha interesse e meios, poderíamos dar início a uma mobilização via internet (twitter,facebook), associada a um abaixo-assinado eletrônico (p.ex.

Uma data significativa para lançar a iniciativa é terça-feira próxima (18out.) quando seria o aniversário do Garrincha. 

Movimento fica Garrincha!
No contexto das obras para a Copa do Mundo de 2014, está sendo reconstruído o maior estádio da capital, inaugurado em 1974 e batizado de Mané Garrincha, em homenagem única a um dos maiores ídolos do futebol. 

O governo do Distrito Federal, planeja, porém, mudar o nome do local, que passaria a chamar-se Estádio Nacional de Brasília. 

Esse movimento busca reunir todos os que consideram essa atitude inaceitável e ofensiva à história do futebol e do Brasil. 

Manoel Francisco dos Santos foi o jogador mais extraordinário do futebol mundial, um artista em campo, que representou como ninguém o estilo brasileiro de jogar, com seus dribles desconcertantes. 

Apelidado com nome de passarinho, Garrincha foi um dos principais responsáveis pela projeção do Brasil no cenário futebolístico, participando das conquistas mundiais de 1958 e 1962. 

Diante disso, os abaixo assinados apresentam duas demandas ao Excelentíssimo Governador do Distrito Federal, senhor Agnelo Queiroz:
1)    Que o nome do Estádio seja mantido;
2)    Que seja erguido um busto e construído um memorial em homenagem a Mané Garrincha no Estádio renovado. 

Não haveria oportunidade melhor para mostrar a todo o mundo que o Brasil sabe valorizar sua memória e sua gente. 

* Silvio Ricardo da Silva é professor do Departamento de Educação Fisica da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG, coordenador do GEFUT e tutor do PET Educação Física / Lazer.
(do blog do Juca Kfouri)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!