quinta-feira, 6 de outubro de 2011

CRUZEIRO e São Paulo empatam; Vasco perde


LUÍS FABIANO foi o nome do jogo contra o Cruzeiro. Começou desperdiçando um pênalti igualzinho ao Zico na Copa de 1986. Foi a maior burrice do mundo porque quem tinha que ter batido aquela penalidade era o Rogério Ceni. Ele telegrafou o chute!
Depois deu uma boa assistência no gol do Cícero e só não saiu para o abraço porque o árbitro Paulo Henrique Godoy Bezerra  – que já tinha errado no pênalti contra o Cruzeiro – anulou o gol legal do São-Paulino. Se não bastasse isso, escorregou no gol do Charles!
Não era ele o fator decisivo do Tricolor para a reta final do Brasileirão?
Bom para o São Paulo aprender a ser mais sério. Da próxima vez, quem sabe, o batedor oficial do time se apresenta para a cobrança do pênalti em um momento importante.

Nos outros dois jogos da noite, o Peixe também brincou contra o Grêmio e perdeu mais uma partida no Brasileirão.
Já o Vasco da Gama, com sua equipe reserva, foi a Bolívia pela Sul-Americana e tomou uma virada incrível em Cochabamba. Sobrou altitude para o Aurora… Faltou atitude para Santos e São Paulo. (blog do Milton Neves)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!