quinta-feira, 20 de outubro de 2011

CORINTHIANS diz acompanhar situação de Tevez de perto

Timão sonha em contratar o atacante para temporada de 2012 


O GERENTE de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, admitiu nesta quarta-feira que acompanhou a situação de Carlos Tevez no Manchester City, em viagem à Inglaterra, no início do mês. O dirigente, contudo, manteve a cautela e avisou que não há nenhuma nova proposta do clube pelo argentino.

"Faz parte do meu trabalho buscar informações, atletas que estão livres. Não posso negar que o Tevez é um atleta que também acompanhei", afirmou o ex-volante do Corinthians, que manteve contato direto com o ex-jogador Vieira, atualmente na diretoria do clube inglês. "Quis saber [a situação de Tevez] perante a imprensa, a torcida. Foi só isso. Fui lá ver a situação dele, assim como a de vários atletas que lá estão".

Edu confirmou que Tevez não vive bom momento no clube, o que poderia abrir as portas para um retorno ao Brasil ou para a Argentina. "A situação não é das melhores. A torcida não está a favor. [O técnico Roberto] Mancini não está de acordo. Está delicada, mas vamos esperar o futuro para ver. Estamos tranquilos quanto a isso", explicou o gerente de futebol, que evitou estipular um preço para uma eventual negociação.

"Ele é um atleta que tem seu valor, independente da atitude que toma. Mas é difícil nesse momento dizer um preço, se vale ou não vale", afirmou, antes de reforçar que o Corinthians não fez nova proposta pelo atleta. "Como não é o nosso caso agora, vamos deixar [o assunto] um pouco de lado", declarou. 

Mesmo sem Tevez, Edu não descartou contratar outros reforços que atuam na Europa. "Na europa tem muito bons jogadores sem contrato. Está aí uma grande oportunidade para nós. Por que não começar a olhar? O clube vive momento bacana. Temos vários atrativos", declarou o gerente, sem citar nomes de possíveis reforços para 2012. 

"Vamos começa a ver nossas necessidades, posições que queiramos quantificar e até melhorar algum setor do time. Vamos colocando vários nomes na mesa para começar a trabalhar. Estamos com tempo bacana para não fazer negociação às pressas, para não errar", afirmou. (Agência Futebol Interior)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MANDA ver um comentário aí!