segunda-feira, 31 de outubro de 2011

EUFORIA corinthiana

TEVEZ puxa a fila do esquadrão alvinegro para 2012

A FIEL está em polvorosa. E não é para menos, afinal o presidente Andrés Sanchez deu a entender nos últimos dias que Carlitos Tevez, do Manchester City, está mais próximo do que muitos imaginam do Parque São Jorge. Especulação ou não, a informação mexe com a massa alvinegra e, queira ou não, tira também o sono dos rivais.
 
O Corinthians briga pelo título do Brasileirão ponto a ponto com o Vasco. É atualmente uma das principais forças do país, com um time competitivo e com uma base forte, recheada com alguns craques como Adriano, por exemplo, que não está ainda na melhor forma física, porém caminha para atingir o “ideal” justamente no início da próxima temporada. Além de outros ótimos jogadores no elenco como Alex, Liedson e Danilo e outros bons atletas como Willian, Emerson, Ralf, Paulinho e por aí vai.
 
Com o gringo de volta ao Parque, o Corinthians formaria um super time para 2012. Imaginem um ataque com Adriano, Tevez e Liedson. E um meio-campo formado com Ralf, Cristian, Montillo e Alex. Coloco aí dois "intrusos" diante das informações de dentro do próprio clube, que garantem a volta do ídolo Cristian em janeiro, assim como a possível chegada do argentino, o atual camisa 10 do Cruzeiro.
 
Caso as contratações se tornem realidade, o Corinthians será o time a ser batido em 2012. Assim como já o é agora, no atual Brasileirão. A equipe alvinegra tem uma base forte e com dois ou três reforços poderá se tornar uma equipe quase que imbatível e, enfim, em condições de brigar pela tão sonhada Libertadores.
 
Ainda na esteira das especulações, o zagueiro Luisão, do Benfica, estaria também nos planos do Alvinegro para 2012. O presidente Andrés Sanchez nunca escondeu o desejo de contar com o irmão de Alex Silva, ex-São Paulo e hoje no Flamengo, atuando na zaga alvinegra. É mais um grande nome sondado e que pode chegar.
 
Em tempo: antes de fazer piada com as possíveis contratações alvinegras, é importante se atentar que não se deve duvidar do atual mandatário alvinegro, que já transformou sonhos em realidade no clube. Quem duvidar dessas contratações terá grandes chances de quebrar a cara na virada do ano.
 
Acredito que o Corinthians esteja no caminho certo, sobretudo diante da cobiça pela Libertadores da América. Para brigar pelo torneio continental, é preciso garra, disposição, porém é necessário também ter um time de qualidade. E isso o Corinthians está correndo atrás. Por isso acredito que Andrés esteja certo ao injetar milhões na equipe, na busca por um time de ponta, de grande potencial técnico.
 
É uma verdade também que esta postura do Corinthians incomoda os rivais, que não desejam ficar para trás. E isso é importante para o futebol, pois a ousadia alvinegra tira os adversários da mesmice, partindo também na busca por reforços de ponta. E quem ganha com tudo isso? O futebol brasileiro, é claro.
 
O ano de 2012 promete ser dos mais disputados. O Vasco já esta na Libertadores, assim como o Corinthians caminha para garantir seu lugar. O Santos já tem também presença confirmada, sobrando outras vagas para que se completem os times brasileiros na principal competição de clubes das Américas. Quem ficar de fora perderá em visibilidade e dinheiro.
 
Por isso São Paulo e Palmeiras devem estar preocupados. O Tricolor ainda sonha com a Libertadores, porém o Alviverde já admite um 2012 difícil. E pior: Fora da vitrine e recomeçando do zero. Isso é ruim para o futebol nacional, pois o Verdão forte é bom para todo mundo, assim como São Paulo, Corinthians, Santos, Bahia, Grêmio, Cruzeiro, Atlético-MG sempre competitivos. 2012 promete... (blog Salgueiro FC)

30 ANOS de Flamengo campeão do mundo


NA TERÇA-FEIRA da semana que vem, no Rio, na Livraria Argumento do Leblon, Dudu Monsanto, jovem e brilhante companheiro da ESPN-BRASIL, lançará o livro acima, que está simplesmente lindíssimo.

Quem for rubro-negro e lá não for dará o maior fora.

Pesquisa rica, depoimentos dos heróis e das testemunhas, com orelha escrita por Geneton Moraes Neto e quarta capa por Mauro Cezar Pereira, duas exigentes referências, Dudu marca um golaço com uma obra que vale como documento e romance.

E olhe que nem a li inteira ainda… (blog do Juca Kfouri)

APITO amigo e São Paulo ajudam Corinthians, diz Milton Neves

(blog do Milton Neves)

HIGHLANDER fala sobre passado

A SEQUÊNCIA da série 'Toque de Ídolo', produzida pelo Portal ORM, procurou o atacante que recebeu o apelido do herói nômade, que deixava sua marca por onde passava. Edil 'Highlander', que vestiu e foi reverenciado - ou 'temido' - com a camisa 9 de Paysandu, Remo, Tuna e Castanhal, falou sobre a atual situação do futebol paraense e lembrou das características da sua época de jogador para projetar o que pode acontecer em um futuro próximo no mundo da bola.

Com 23 anos de carreira como atleta profissional de futebol - como ele mesmo se intitula -, Edil tem na bagagem o peso de ter sido artilheiro do campeonato paraense por quatro vezes e ainda estar em quarto na lista dos maiores artilheiros da história do campeonato paraense, empatado com Cabinho, com 24 gols marcados. Ele foi enfático ao responder qual seria o maior problema do futebol paraense.

'Os dirigentes dos clubes daqui ficaram parados no tempo. Quer dizer, eles pioraram ainda mais! Antes, na minha época de jogador, diretores e presidentes viajam para o interior para acompanhar campeonatos interioranos com o objetivo de trazer jogadores. Isto revelou vários craques vindos de Breu Branco, Viseu, Vigia e tantos outros municípios. Não sei porque parou, mas, se naquele tempo já se achava o futebol paraense amador fazendo o mínimo, imagina fazendo ainda menos?'.

Edil, o andarilho

Outro aspecto apontado por Highlander como um verdadeiro 'câncer' que impede o crescimento do futebol estadual é a profissionalização 'precoce e errada' de jogadores da categoria de base.

'Muita coisa mudou mesmo para pior. Hoje em dia, garotos de 16 e 17 anos dão um chutezinho e já pensam que são profissionais. O problema é que os treinadores acreditam nisso e lançam esses garotos, principalmente, em momentos de muita tensão. Isso queima o moleque, que, mesmo assim, por sua vez, pensa que é craque absoluto e fica pedindo salário alto. Em toda a minha carreira, o maior salário que ganhei foi de 6 mil reais e sempre suei a camisa. Infelizmente, não se vê mais isso atualmente. Tem gente que está começando e pensa que pode chegar atrasado ou ir para festas para beber e fumar. Por isso, digo que fui um atleta profissional e não um jogador de futebol. Há muita diferença nisso!', ressaltou.

Sobre os clubes em que jogou no Pará, Edil disparou sua opinião e, antes de falar, avisou: 'Não tenho medo de falar nada porque não devo a ninguém, pelo contrário, até hoje ainda tem gente que me deve. A minha opinião é só uma e eu não sou de ficar em cima do muro'.

Paysandu (1986, 1987, 1990, 1992, 1995, 2000 e 2001) - 'Um treinador de fora agora não vai resolver nada. O Édson chegou e ainda teve um tempo para arrumar a casa, mas se o Lecheva já possui o grupo na mão, era ele quem deveria ficar no cargo. Não adianta trazer técnico, seja qual for, se o grupo estiver dividido. Não tem as mínimas condições de subir para a Série B nesta situação'.

Remo (1991, 1996, 1997 e 1998) - 'A preparação com os jogadores da base é o caminho certo para o Remo, mas o Sinomar sabe que vai pegar pedreira quando vier a pressão de um jogo oficial. Por isso, mais uns quatro ou cinco jogadores experientes precisam ser contratados, porque só a garotada não vai ter estrutura para suportar a bronca', disse e frisou: 'Entre estes jogadores experientes, um tem que ser o fera, mas o fera mesmo com um currículo de peso, que chame a responsabilidade do jogo para si e acalme a todos.

Tuna (1994) e Castanhal (2000 e 2001) - 'Os dois têm os melhores trabalhos de categoria de base do Pará, sendo que o Castanhal tem o melhor e maior CT (Centro de Treinamento), com seis campos só para treinos. Eles preparam seus jogadores dentro dos seus clubes e ainda fazem peneiradas no interior. Os experientes são contratados para orientar os moleques acerca do que acontece dentro do campo e os preparam para deixá-los com a moral alta mesmo depois de um jogo ruim, em que a torcida e a imprensa vão querer pegar no pé dele. Lógico que eles ainda pecam na falta de investimento e na falta de visão de mercado, por isso ficam na pindaíba todo tempo, mas, sobre categorias de base, são os melhores'.

No final da entrevista, Edil 'Higlander' resolveu abaixar a guarda típica do personagem e revelou: 'Fui ao Baenão para participar da preliminar do amistoso entre Remo e Tuna e fui embora dali muito triste. É muito ruim ver aquela torcida tão carente de ídolos, de gols, de alegria. Naquele momento, vi a real situação do futeol paraense como um todo. Estamos necessitados disso!', lamentou. (Portal ORM)

domingo, 30 de outubro de 2011

RESULTADOS da 32ª rodada da Série A

Botafogo 1 x 0 Cruzeiro
Santos 4 x 1 Atlético-PR
Ceará 1 x 2 Fluminense
Corinthians 2 x 1 Avaí
Figueirense 2 x 1 Bahia
Vasco da Gama 0 x 0 São Paulo
Grêmio 4 x 2 Flamengo

Atlético-GO 0 x 1 Internacional
Coritiba 3 x 1 América-MG
Atlético-MG 2 x 1 Palmeiras


SANTA Cruz na final da Série D

Santa virou sobre o Cuiabá e Tupi arrancou empate com Anapolina

 

COM DOIS gols do atacante Fernando Gaúcho, o Santa Cruz venceu o Cuiabá, por 2 a 1, de virada, neste domingo à tarde, em Rondonópolis (MT) e confirmou a sua presença na decisão do Campeonato Brasileiro da Série D – a quarta divisão. No primeiro jogo, em Recife, o campeão pernambucano já tinha vencido, por 1 a 0, chegando portanto aos seis pontos em dois jogos.

O seu adversário ainda não está definido. A outra semifinal começa a ser disputada nesta próxima semana, entre Oeste, de Itápolis (SP), e Tupi, de Juiz de Fora (MG), que neste domingo à tarde eliminou a Anapolina.

O Santa Cruz mostrou pinta de campeão e muita personalidade para virar em cima do Cuiabá, que saiu na frente com o meia Fernando, aos quatro minutos. Mas Fernando Gaúcho empatou aos 20 minutos ainda do primeiro tempo.

Na etapa final, num jogo nervoso, o Santa Cruz voltou a marcar com Fernando Gaúcho, aos 27 minutos. O jogo foi realizado em Rondonópolis, porque o Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá (MT) não comporta mais do que 10 mil torcedores, como exige o regulamento.

Tupi arranca empate

Na cidade de Anápolis (GO) o Tupi confirmou a sua vaga na semifinal ao empatar com a Anapolina, por 2 a 2. O time mineiro já tinha vencido em casa, por 4 a 1, tendo entrado em campo com ampla vantagem. Fechou o duelo com quatro pontos e carimbou o seu acesso à Série C do Brasileiro em 2012, ao lado dos outros semifinalistas: Santa Cruz, Cuiabá e Oeste.

No Estádio Jonas Duarte, a Anapolina buscou sempre o ataque e abriu dois gols de vantagem com gols de Nonato, no primeiro tempo, e de Celso, aos 31 minutos do segundo tempo. Naquela altura, o time goiano precisava de mais um gol para garantir a sua vaga e foi todo ao ataque, sofrendo dois gols nos contra-ataques. Ambos foram marcados por Admilson, aos 33 minutos, de cabeça, e aos 42 minutos. (Agência Futebol Interior)

RESULTADOS da 33ª rodada da Série B

Guarani 3 x 0 Grêmio Barueri
Americana 0 x 0 Criciúma
Portuguesa 2 x 1 Ponte Preta
Salgueiro 1 x 1 Vila Nova
Goiás 4 x 1 Duque de Caxias
Braga 1 x 1 Icasa
Náutico 2 x 0 Sport
Paraná 2 x 2 São Caetano
ABC 1 x 1 ASA
Boa Esporte 1 x 2 Vitória

CORINTHIANS lidera novamente

Timão bateu Avaí e São Paulo segurou empate com o Vasco

O CORINTHIANS está de novo de volta à liderança do Campeonato Brasileiro. Sofreu para vencer o Avaí, por 2 a 1, de virada, no Pacaembu, e contou com a ajudinha do São Paulo, que segurou o zero a zero com o Vasco da Gama, em São Januário. Os dois times estão, novamente, iguais em pontos: 58 cada. O time paulista leva uma sensível vantagem no saldo de gols: 14 a 13.

As outras posições na parte de cima da tabela não foram alteradas, neste domingo, quando foi completada a 32.ª rodada. O Flamengo poderia dar um salto, mas acabou goleado pelo Grêmio, por 4 a 2, no “jogo da vingança” contra Ronaldinho Gaúcho, no Estádio Olímpico. O Mengo continua com 52 pontos, em quinto lugar, atrás dos rivais, Botafogo (55) e Fluminense (53).

O São Paulo, se não venceu, como prêmio por segurar o líder continuou na sexta posição, com 50 pontos. Agora tem a companhia do Figueirense que bateu o Bahia, por 2 a 1, de virada, em Florianópolis. O time catarinense só perde para o São Paulo no saldo de gols: 7 a 4.

Outras posições

A vitória deixou o Grêmio com 46 pontos, em nono lugar, em ascensão na competição. A derrota deixou o Bahia com 36 pontos, em 14.º, e ainda temendo o rebaixamento. O Avaí, apesar de valente, continua mergulhado na zona de rebaixamento, com 29 pontos, em penúltimo lugar. (Agência Futebol Interior)

APÓS goleada, Neymar ganha folga e viaja para os EUA

Atacante dará o pontapé inicial na partida entre o Red Bulls e o Los Angeles 

 

DEPOIS de marcar os quatro gols do Santos na vitória sobre o Atlético-PR, Neymar ganhou quatro dias de folga e embarcou ainda na noite de sábado para os Estados Unidos. O atacante dará o pontapé inicial na partida entre o New York Red Bulls e o Los Angeles Galaxy, na tarde deste domingo.

O jogo, válido pela Liga Norte-Americana, contará com o francês Thierry Henry, do New York, e o inglês David Beckham, do Galaxy. Neymar foi convidado para participar da partida pela Red Bull, um dos seus patrocinadores.

O atacante voltará ao Brasil na segunda-feira, mas só vai retornar aos treinos na quinta. A folga de Neymar faz parte do planejamento do Santos, que deve começar a poupar seus titulares de olho no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro. O time afastou qualquer risco de rebaixamento no Brasileiro com a vitória sobre o Atlético-PR.

Mesmo sem treinar no início da semana, Neymar poderá ser relacionado para o duelo contra o líder Vasco, no próximo domingo, na Vila Belmiro. (Agência Futebol Interior)

sábado, 29 de outubro de 2011

PITACOS da 32ª rodada (André Isac)


Previsões da 32ª rodada
Sábado

Botafogo x Cruzeiro - Empate
Ceará x Fluminense - Empate
Santos x Atlético-PR - Santos

Domingo
16h
Corinthians x Avaí - Corinthians
Figueirense x Bahia - Figueirense
Grêmio x Flamengo - Empate
Vasco x São Paulo - Vasco

18h
Atlético-GO x Internacional - Atlético
Coritiba x América-MG - Coritiba
Atlético-MG x Palmeiras - Atlético

(blog do André Isac, Goiânia, Brasil)

TODOS os jogos da 33ª rodada da Série B



Terça-feira

Guarani 3 x 0 Grêmio Barueri
Americana 0 x 0 Criciúma
 
Sexta-feira

Portuguesa 2 x 1 Ponte Preta
Goiás 4 x 1 Duque de Caxias
Salgueiro 1 x 1 Vila Nova
 
Sábado – 16h20

Náutico x Sport
Bragantino x Icasa
ABC x ASA
Boa Esporte x Vitória
Paraná x São Caetano

Veja como ficou a Classificação !

CLÁSSICO pernambucano na Série B

Este será o confronto de número 506 entre as equipes, que começaram a se enfrentar em 1909



 O AMOR pelo futebol, mas que é separado pelo fanatismo de duas torcidas. Uma rivalidade que soma mais de cem anos. Tudo isso estará em campo neste sábado, às 16h20, quando acontece mais um “Clássico dos Clássicos. Isso mesmo. O torcedor apaixonado por Náutico e Sport estarão novamente divididos e torcendo pelo seu clube do coração, agora no Estádio dos Aflitos, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Esse é o duelo de número seis entre eles na temporada de 2011, sendo que pode ser o tira-teima, já que são duas vitórias para cada lado além de um empate.

Este será o confronto de número 506 entre as equipes, que começaram a se enfrentar em 1909, portanto, há mais de cem anos. A vantagem é amplamente rubro-negra, pois foram 192 vitórias do Sport, 171 vitórias do Náutico, além de 139 empates. Pela Série B, os times já se enfrentaram em nove jogos, sendo vantagem também para o Leão, que venceu cinco vezes, contra duas vitórias do Náutico, além de dois empates. No primeiro turno, o Sport venceu, por 2 a 0, na Ilha do Retiro. 

O clássico também pode ser chamado de "duelo de seis pontos". O motivo é que ambos lutam pelo acesso à elite de 2012, mas o Náutico está em ligeira vantagem. O Timbu soma 53 pontos e aparece na terceira colocação, enquanto que o Sport é o sexto colocado, com 48 pontos. Em caso de vitória, o Rubro-Negro entra no G4. Apesar disso, ambos voltam a campo em busca da reabilitação. O Náutico vem de derrota diante do Vitória, por 3 a 2, em Salvador. Já o Sport vem de derrota diante do Goiás, por 1 a 0, em Recife.

Segurança total!
Como todo grande jogo, a Polícia Militar preparou um esquema especial e ao todo serão 913 policiais trabalhando para evitar confrontos entre os torcedores. Desses 913, "apenas" 250 irão trabalhar dentro dos Aflitos, enquanto os outros 663 policiais estarão nas redondezas do estádio e também nos pontos onde ocorrem os conflitos entre os torcedores: nas avenidas Agamenon Magalhães, Caxangá, Norte, Mascarenhas de Moraes e Abdias de Carvalho.

No entanto, o esquema armado pela Polícia Militar para evitar confrontos continua. Um grupo de inteligência da PM irá se "infiltrar" à paisana entre os torcedores, além também de um helicóptero da polícia.


Artilheiro confirmado!
A torcida do Náutico compareceu em bom número e não parou de cantar um minuto sequer. O clima foi de total descontração, diferente do que aconteceu na última quinta-feira, quando o auxiliar-técnico Kuki discutiu com alguns torcedores por não ter gostado da provocação ao rival Sport - uma cabeça de boi com a camisa da Torcida Jovem, principal organizada do Leão, foi colocada nas arquibancadas.

Em relação ao time, o técnico Waldemar Lemos deve realizar algumas mudanças nos 11 titulares. O zagueiro Ronaldo Alves, que fraturou o nariz após uma cotovelada do atacante Neto Baiano, do Vitória, era dúvida durante toda a semana e acabou sendo vetado pelo departamento médico. Assim, Diego Bispo formará dupla com Marlon.

No gol, o titular Gideão retorna na vaga de Gledson, que vem sendo bastante criticado pelos torcedores. Na lateral-esquerda, Aírton volta e Lenon fica apenas como opção no banco de reservas. O capitão Derley cumpriu suspensão automática e também figura nos 11 titulares, assim como Elicarlos. No ataque, Rogério, que entrou no decorrer da partida contra o Vitória e marcou dois gols, deve formar dupla com Kieza.

"É mais uma partida muito importante, realmente, porque encaramos como mais uma decisão. Em nenhum jogo nesta competição nós entramos em campo com outro pensamento. Vamos encarar um adversário difícil e precisamos entrar concentrados", destacou Waldemar Lemos.

PC Gusmão, treinador do Sport
Sai pra lá, crise!
O Sport precisa vencer o Clássico dos Clássicos e evitar que a crise seja instalada de vez. Por isso, vale tudo e o técnico PC Gusmão aposta no mistério. Após o treinamento desta sexta-feira, PC Gusmão afirmou que clássico é diferente e qualquer estratégia é válida. Apesar de não ter realizado nenhum trabalho fechado para a imprensa, o treinador disse que não irá revelar os 11 titulares com antecedência, mas deve promover pelo menos uma mudança.

"Clássico é diferente e toda estratégia do mundo é válida. Não fechei treino, porque respeito o direito de vocês trabalharem. Mas não vou falar sobre time. Tenho ainda alguns problemas para resolver", despistou o treinador.

O atacante Bruno Mineiro, que chegou a ser poupado de alguns treinamentos, trabalhou normalmente nesta sexta-feira e está liberado pelo departamento médico, mas sua presença ainda não foi confirmada. No entanto, a lateral-direita deve sofrer mudança. O titular Thiaguinho deixou o treinamento mais cedo e não seguiu com a delegação para a concentração. Assim, é esperado que ele seja barrado e dê lugar para Moacir. O experiente Marcelinho Paraíba retorna após cumprir suspensão automática. (Agência Futebol Interior)

CORINTHIANS muda o distintivo

O CORINTHIANS decidiu abolir as 5 estelas que faziam parte do seu distintivo como um todo. A idéia partiu do Departamento de Marketing (Rozemberg e Caio) e teve a aprovação do presidente Andres Sanches. Sou favorável .

E dentre os vários motivos elencados pelo mkt do Corinthians, dois deles são fundamentais.  .O primeiro é de estratégia financeira. Veja, a Nike está produzindo camisas oficiais do Corinthians em grande quantidade e as vendas são em profusão.  Mas a qualquer título conquistado ( a tarefa é difícil para qualquer time), as camisas já confeccionadas ficam no estoque porque estarão desatualizadas e cai a quantidade de vendas. A Nike vive também dessas vendas e o Corinthians abocanha os royalties disso.  
Num futebol mercantilizado como vive o Brasil, qualquer tostão vale um milhão. E segundo, talvez o mais importante é que sem as estrelas as dimensões do distintivo ficarão maiores e ele vai se sobressair mais no peito das camisas. A visibilidade do escudo fica maior, para o mundo todo. (blog do Dr. Osmar)

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

PITACOS da 32ª rodada (Milton Neves)


Previsões do Miltão para a rodada: mesmo perdendo para o combalido São Paulo, Vasco permanece líder, porque o Timão não vai fazer a lição de casa… Galo sobe e Cruzeiro se prepara para a Série B em 2012…


SANTOS 1 x 1 Atlético-PR. Como eu digo: tá tão na cara que vai empatar, que vai empatar mesmo…
Botafogo 2 x 1 Cruzeiro. O Botafogo anda falhando, precisando tomar Gerovital… Mas mesmo assim ganha do quase rebaixado Cruzeiro.
Ceará 1 x 0 Fluminense. Dá-lhe Vozão!!! E o Flu volta de Fortaleza sem nenhum ponto na bagagem…
Corinthians 1 x 1 Avaí. E o Timão vai dar uma de mau aluno e não vai fazer a lição de casa…
Vasco 1 x 2 São Paulo. O Vascão vai entrar tão confiante que perde para o São Paulo, que está em caquinhos…
Grêmio 0 x 2 Flamengo. Vejam só!!! O Fla ganha tranquilamente do Imortal, em pleno Olímpico!!!
Figueirense 1 x 2 Bahia. Ah, Bahia, ganha pelo amor de Deus!!! Você é incaível!!!
Atlético-MG 2 x 0 Palmeiras. O Galo continua subindo. O Palmeiras, bom, todo mundo sabe… Parece que o fundo do poço é de areia movediça…
Coritiba 2 x 0 América-MG. Boa vitória do Coxa em casa. O Coelho, não tem jeito nesse ano…
Atlético-GO 2 x 1 Internacional. O Inter não consegue nada contra o bom time de Goiás. A Libertadores de 2012 está ficando difícil para o Colorado…
Náutico 1 x 1 Sport. Clássico é clássico e vice-versa… Hehehehe!!! Então, empata. Melhor para o Náutico, que vai subir logo!!!
Boa Esporte 2 x 1 Vitória. O Vitória não vai subir. E o Boa Esporte vai brigar pela última vaga até o finalzinho…

ÁRBITRO pesa a mão em súmula e Paysandu pode perder mando de jogo

Segundo Sálvio Spíndola, objetos foram arremessados contra a arbitragem

 

O PAYSANDU corre apuros na Série C do Campeonato Brasileiro depois da derrota sofrida dentro de casa para o CRB-AL por 1 a 0, no Mangueirão. O árbitro Sálvio Spíndola Filho (FIFA) relatou que torcedores concentrados atrás do auxiliar Sandro do Nascimento Medeiros tentaram o atingir arremessando garrafas com água.

A procuradoria do STJD não se manifestou, mas Sálvio não economizou na súmula e escreveu mais, dizendo que uma pessoa não identificada e com credencial de imprensa entrou no campo acusando os árbitros de serem ladrões.

"Informo que ao término da partida, uma pessoa, não identificada, e com credencial de imprensa, entrou no campo de jogo em direção à equipe de arbitragem com as seguintes palavras: '...vocês são ladrões, roubaram o Paysandu...'. esta pessoa foi contida pela escolta policial", relatou Sálvio.

Além de atirarem garrafas contra o assistente, ao final do jogo, quando os árbitros se dirigiam ao vestiários, mais objetos foram lançados e só não acertaram o alvo, segundo o árbitro, graças à polícia.

"Quando a equipe de arbitragem dirigia-se ao vestiário, torcedores do Paysandu arremessaram vários objetos em direção aos árbitros, não atingindo porque houve proteção policial com escudos".

Segundo o jornal o Liberal, de Belém, já foram vendidos 15 mil ingressos na "casadinha', promoção que antecipa venda de ingressos. Caso seja punido e a partida contra o Luverdense seja longe do Mangueirão, o Papão ficará em maus lençóis, uma vez que geralmente quando o clube perde mando de campo, tem de mandar os jogos no mínimo 100km distantes. (Agência Futebol Interior)

PITACOS da 32ª rodada (Juca Kfouri)

Enfim, é hora de voltar a falar só de futebol


FUTEBOL digno desse nome, no Brasil, nesta semana, só mesmo o Vasco jogou.
De resto, quase só se falou de política.
Mas, neste sábado, três jogos, todos às 18h, abrem a 32a. rodada do Brasileirão e todos chamam a atenção.
No Pacaembu, é possível até que Ganso volte ao Santos que enfrenta o desespero do Furacão.
No Engenhão, o Botafogo tenta reunir os cacos contra o descansado, e precisado, Cruzeiro.
E, no Presidente Vargas, o também desesperado Ceará joga para matar as esperanças do Fluminense.
No domingo três dos quatro jogos das 16h são fundamentais.
No Pacaembu, o Corinthians recebe o não menos desesperado Avaí e tem obrigação de vencer.
Em São Januário o líder e iluminado Vasco recebe o desorientado São Paulo em busca da ressurreição.
E o Grêmio recebe o ainda na luta Flamengo no Olímpico em pé de guerra pela visita de Ronaldinho Gaúcho.
Depois dessa rodada, que tem mais quatro jogos que interessam exclusivamente aos torcedores dos oito times, faltarão apenas mais seis partidas para cada time.
São eles: Figueirense x Bahia; Galo x Palmeiras; Coritiba x América e Atlético Goianiense x Inter que, por sinal, tem tudo para ser um belo jogo no Serra Dourada, às 18h. (blog do Juca Kfouri)

MARX, Freud e Cleverson

Luiz Guilherme Piva


MARX e Freud investigaram e desvendaram grande parte dos desejos masculinos. (Freud até tentou aventurar-se nos das mulheres, mas desistiu. Marx nem tentou.)

Em resumo, para eles o homem se move em busca de dinheiro, poder e sexo. Se conhecessem o futebol, não teriam deixado suas doutrinas tão incompletas. Todo homem, conscientemente ou não, deseja – em alguns casos, acima de tudo – fazer um gol de bicicleta.

E não basta ser como o do Roger, do Ceará, nem como o do Fred, do Fluminense.
Aliás, ambos contra o Coritiba – que, neste aspecto, tem feito sua parte para suprir a carência masculina.
São gols lindos. Mas apenas simulam e substituem, na falta do objeto autêntico, o alvo do desejo.
Falta-lhes algo para a completude. São gols meio de lado, com plástica imperfeita.
É como ser rico, mas não milionário. Ser prefeito, não presidente. Transar, mas não com a Angelina Jolie.
Tem que ser um gol de bicicleta como o do Cleverson, do Avaí, contra o Botafogo.
A bola à altura do ombro, na velocidade certa. A ajeitada com o peito. O pulo no ar. O chute como quem pedala. E a rede estufando.
Isso é fundamental: a rede tem que estufar!
Desde pequeno, treinando saltos na cama, na grama, na água, no pula-pula, na cama elástica, o homem sonha com esse lance.
Pouquíssimos conseguem. Às vezes até ficam milionários, poderosos e namoram mulheres maravilhosas.
Mas falta-lhes o gol de bicicleta.
Ao Cleverson, não.
Isto ele já conseguiu.
__________________________
Luiz Guilherme Piva continua treinando. (blog do Juca Kfouri)

NOVA tabela do grupo E da Série C

COM A SAÍDA do Rio Branco da Série C, e entrada da Luverdense, eis a nova tabela do grupo E:

02/11 (qua) – CRB x Luverdense - em Maceió
06/11 (dom) – Luverdense x Paissandu – em Lucas do Rio Verde
09/11 (qua) – América x Luverdense – em Goianinha (RN)
13/11 (dom) – Luverdense x América - em Lucas do Rio Verde
16/11 (qua) – CRB x América – em Maceió
16/11 (qua) – Paissandu x Luverdense – em Belém
20/11 (dom) – América x Paissandu – em Goianinha
20/11 (dom) – Luverdense x CRB – em Lucas do Rio Verde

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

HOMENAGEM a Luiz Mendes

Luiz Mendes – Homenagem a uma referência profissional



PEÇO LICENÇA aos leitores para render uma homenagem a Luiz Mendes, uma das referências profissionais deste blogueiro.
Ouvia o “Comentarista da Palavra Fácil” desde criança, primeiro na Rádio Nacional e depois na Globo. Chamava a atenção a ótima voz que saudava o ouvinte com o personalíssimo e agora eterno “Minha gente…”, o tom eloqüente e seguro, o nível cultural acima da média e os comentários sempre fugindo do lugar comum e do óbvio, sem medo de criar polêmicas. Um dos primeiros a falar sobre tática e estratégia.
Em 2009, tive o prazer de entrevistá-lo para o livro “As melhores seleções estrangeiras de todos os tempos”, de Mauro Beting. Mendes recebeu o amigo Wilson Herbert e a mim em seu apartamento e conversou por mais de duas horas, sobre todas as seleções analisadas no livro e também sobre outros temas, como jornalismo esportivo, rádio, TV, Garrincha, João Saldanha, entre outros. Mesmo já debilitado pela diabetes e aparentando cansaço físico, mantinha a memória privilegiada e a paixão pelo futebol praticamente intactas. Mesmo com mais de 60 anos de carreira, seus olhos ainda brilhavam quando falava sobre o esporte bretão.
Luiz Mendes vai, mas ficam os exemplos e as histórias. Vê-lo falar com propriedade sobre a Hungria de 1954, que viu in loco no “Match of the Century” (Inglaterra 3×6 Hungria em Wembley – 1953) e na Copa do Mundo da Suíça no ano seguinte, foi uma das experiências mais marcantes que vivi no futebol.
Por isso compartilho aqui a entrevista, praticamente na íntegra, realizada em julho de 2009 como a homenagem que posso fazer a um mestre que vai fazer muita falta. Talvez nem tenhamos a medida, ainda. Que ele fique em paz, mesmo com nossa saudade.

NA SÉRIE D, Anapolina toma goleada

A Rubra está mais distante da série C do Campeonato Brasileiro de 2012, jogando na noite desta quarta-feira, o Tupi/MG goleou a Anapolina, por 4 a 1, em Juiz de Fora, na primeira partida das quartas-de-final.

O atacante Ademilson, fez três gols, o outro foi do meio-campista Henrique, o centroavante Nonato descontou para a Anapolina.

Agora, os dois times voltam a se enfrentar domingo, em Anápolis. O Tupi pode perder por até dois gols de diferença, enquanto a Anapolina tem que vencer por três 3 a 0 para conquistar o acesso. Se a Rubra repetir o placar de 4 a 1 a decisão vai para os pênaltis. Se tomar dois ou mais gols a Anapolina precisará de uma diferença de quatro gols.

Não é impossível, mas é improvável. (blog do André Isac, Goiânia, Brasil)

SÓ SOBROU o Vasco na Sul-Americana


O VASCO da Gama agora é o único time brasileiro que continua na disputa pelo título da Copa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira, mesmo com um time misto, o Vasco não precisou se esforçar muito para aplicar a impressionante goleada de 8 a 3 sobre o Aurora, da Bolívia, em São Januário, e assim garantir classificação. No jogo de ida, em Cochabamba, a equipe carioca havia perdido por 3 a 1. Agora, seu próximo adversário será o Universitário, do Peru.

O São Paulo, na estreia de Emerson Leão, foi derrotado na noite desta quarta-feira para o Libertad, por 2 a 0, no Estádio Nicolás Leoz, em Assunção, no Paraguai. Com isso, o Tricolor está eliminado na Copa Sul-Americana. Na partida de ida das oitavas-de-final, o São Paulo venceu por 1 a 0, com gol de Luis Fabiano. Agora, o Libertad enfrenta a LDU-EQU, que eliminou o Independiente-ARG.

O Flamengo, com apenas três titulares, foi derrotado, novamente, pelo Universidad do Chile. O jogo de volta das oitavas-de-final da Sul-Americana, realizado no Estádio Nacional, em Santigago, terminou 1 a 0, para o time chileno. No jogo de ida, no Engenhão, o Flamengo foi surpreendido e acabou sendo goleado por 4 a 0. Com a vitória, a Universidad vai encarar o Arsenal de Sarandí (ARG), que eliminou o Olimpia, do Paraguai.

Confrontos das quartas-de-final:

Vélez Sarsfield-ARG x Santa Fé-COL
LDU-EQU x Libertad-PAR
Universidad de Chile-CHI x Arsenal de Sarandí-ARG
Universitário-PER x Vasco da Gama
(blog do André Isac, Goiânia, Brasil)

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

RIO BRANCO desiste da Série C

EM UMA reunião na Casa Rosada – sede do Governo do Acre – junto com o governador do estado, Tião Viana, com o presidente da Federação de Futebol do Acre (FFAC), Antônio Aquino, e com o procurador do estado, Armando Melo, a diretoria do Rio Branco Football Club oficializou o pedido para que a Procuradoria Geral do Estado (PGE-AC) retirasse a ação na Justiça Comum contra a decisão do STJD. Com isso, o Rio Branco abre mão da batalha jurídica e está fora da disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. 

Com a decisão de não lutar mais na justiça para continuar na competição, a diretoria espera cumprir todos os compromissos e, em seguida, liberar o elenco e comissão técnica. A luta agora será a de fazer o clube permanecer na Série C de 2012. A temporada 2011do Rio Branco chegou ao fim. (blog Garganta de Ouro)

AÍLTON fala sobre o gol mais importante da vida dele


COPA em Curitiba

FINALMENTE a última vaga para a Série C em 2012 será decidida

DEPOIS de muito imbróglio, decisões judiciais e jogos pendentes, finalmente o jogo restante das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D vai acontecer. Nesta quarta-feira, às 20h30, o Tupi-MG recebe a Anapolina-GO no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio em busca da última vaga para a Série C de 2012.  

O Tupi chegou a essa fase da competição após ficar em primeiro lugar no Grupo 5 da fase de classificação com 14 pontos - quatro vitórias, dois empates e duas derrotas. Nas oitavas de final, eliminou o Volta Redonda-RJ ao vencer por 4 a 2 a última partida, depois de estar perdendo por 2 a 1. 

A Anapolina, por outro lado, ficou de fora das oitavas de final no início. O time vencia o Tocantinópolis-TO na última rodada da primeira fase por 4 a 1 e mais um gol classificaria a equipe, no lugar do Itumbiara-GO, para as oitavas. Entretanto, o clube do Tocantins fez o famoso 'cai-cai' e a Xata ficou de fora. A polêmica foi para o STJD que decidiu pela remarcação do jogo e, dessa vez, o clube goiano venceu por 6 a 1 e se classificou. 

Nas oitavas de final, a Anapolina venceu o Villa Nova-MG na primeira partida por 1 a 0. Na partida de volta, perdeu por 2 a 1 e se classificou pelo gol marcado fora de casa para as quartas. Agora o time segue embalado para disputar com o Tupi-MG o acesso à Série C de 2012. Os outros times que já conquistaram o acesso são: Santa Cruz-PE, Cuiabá-MT e Oeste-SP - sendo que este último espera o vencedor desse confronto para disputar a semifinal. 

Confira as datas do último confronto das quartas de final!

Quarta-feira
20h30

Tupi-MG x Anapolina-GO

Domingo
17 horas

Anapolina-GO x Tupi-MG
(Agência Futebol Interior)

JOGOS da 33ª rodada da Série B

Terça-feira
Americana 0 x 0 Criciúma
Guarani 3 x 0 Grêmio Barueri

Sexta-feira – 20h30
Portuguesa x Ponte Preta
Salgueiro x Vila Nova
Goiás x Duque de Caxias

Sábado – 16h20
Bragantino x Icasa
Náutixo x Sport
Paraná x são Caetano
ABC x ASA
Boa Esporte x Vitória

BAIRRISMO, não!

Felipe dos Santos Souza

BASTOU sair a organização da tabela da Copa de 2014 para haver uma crítica unânime, sobre a possibilidade de a Seleção Brasileira só jogar no Maracanã se chegar à final do mundial que sediará.

“Como assim? Não pode! O Maracanã é o grande estádio daqui, é um campo-santo do futebol brasileiro!”

Crítica justa e certa. Mas se o estádio carioca pode não sediar jogos da equipe anfitriã em 2014, isso se deve a outras razões, não pelo bairrismo.

Sobre as justificativas reais, o jornalista Lúcio de Castro escreveu e explicou como ninguém, em seu blog no site dos canais ESPN.

Aliás, se há a queixa de que a Seleção Brasileira tem de jogar no Maracanã, ela deveria ter começado antes, muito antes.

Porque o Mário Filho já não é tratado como o estádio da Seleção Brasileira há muito tempo. Mais precisamente, desde a década de 1980.

Antes disso, sim, é que ele era o estádio por excelência para o Brasil jogar. Havia um jogo em São Paulo aqui (no Pacaembu e, após 1970, no Morumbi), um no Mineirão ali, outro em Porto Alegre acolá (na maioria das vezes, Beira-Rio). 

Porém, como já dito, isso começou a mudar desde a década de 1980. 

Por exemplo, além do Maracanã, o Serra Dourada sediou os jogos das eliminatórias para a Copa de 1982. 

O último amistoso da equipe de Telê Santana antes do Mundial da Espanha foi no… Parque do Sabiá, em Uberlândia. 

Além disso, naqueles dois anos da primeira passagem de Telê pela Seleção, foram feitos jogos na Fonte Nova, no Castelão de São Luís, no Arruda… 

Sob Ricardo Teixeira na CBF, tal cenário se solidificou ainda mais. 

Jogou-se em Varginha, Uberlândia, Londrina, Paranavaí, Campina Grande, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto. 

Todas cidades de inegável representatividade em seus estados. 

Podem não ser reconhecidas pelo mundo. Mas são cidades brasileiras. E podem receber jogos da Seleção Brasileira. 

Fica claro, pelas dimensões do país e desejo das cidades em receber o time nacional, que a situação brasileira é diferente da sul-americana. 

Porque, nos outros países da Conmebol, as seleções têm seus estádios bem definidos. 

A Argentina joga no Monumental de Núñez – a experiência em Rosário, nas eliminatórias para a Copa de 2010, deu errado, como o 3 a 1 que o time brasileiro aplicou na Albiceleste deixou claro. 

O Equador tem o Olímpico Atahualpa, em Quito. 

O Peru tem o Nacional de Lima. 

O Paraguai tem o Defensores del Chaco. 

A Colômbia tem o El Campín, em Bogotá – no máximo, o Metropolitano de Barranquilla, além disso. 

O Uruguai, é claro, tem o Centenário, histórico. 

Na Europa, a situação começa a mudar. Até há nações cujas seleções têm seus estádios fixos. Na Inglaterra, não há conversa: é Wembley e pronto. Como na França, com o Stade de France – antes, com o Parc des Princes. Na Holanda, joga-se em três cidades: Amsterdã (com a Arena do Ajax), Roterdã (De Kuip) e Eindhoven (Estádio Philips). 

Só que há outros países cuja situação se assemelha mais à brasileira. 

Principalmente a Espanha. Lá, os problemas com identidade nacional impedem que se jogue só em Madri. Portanto, a seleção joga em Sevilha, A Coruña, Málaga, Palma de Mallorca, Vila-Real, Mérida, Alicante, Logroño… cada jogo, uma sede. E, mesmo em Madri, ela costuma jogar mais no Vicente Calderón (estádio do Atlético de Madrid) do que no Santiago Bernabéu. Só se evita jogar em Bilbao e Barcelona, que bascos e catalães não são agradados em definitivo com um simples jogo de futebol.
A mesma coisa na Alemanha. Desde que a seleção germânica deixou de atuar no Estádio Olímpico de Munique, não se concentra mais na Allianz Arena. Nem no Estádio Olímpico de Berlim. Ela agora joga em Dortmund, Kaiserslautern, Mönchengladbach, Stuttgart ou Gelsenkirchen. a Itália, por sua vez, já não fica só no Olímpico de Roma, como ficou na Copa de 1990: vai para Modena, Bari, Gênova, Pisa ou Turim. 

Isto é: por mais que o Maracanã merecesse, no mínimo, um jogo da Seleção Brasileira na Copa de 2014, ele não seria a base da equipe. 

Porque o Maracanã é tratado como campo-santo do futebol brasileiro muito mais pelo resto do planeta do que pelo próprio Brasil.

E já é assim há muito tempo. (blog do Juca Kfouri)

terça-feira, 25 de outubro de 2011

COM CARINHO e com afeto

RIO BRANCO-AC poderá ser desfiliado

O Rio Branco poderá perder os direitos de atuar no futebol brasileiro

O caso do time acreano será levado à Fifa e a provável punição não está descartada

OS PRÓXIMOS capítulos da novela que tomou conta da Série C do Campeonato Brasileiro reserva grandes consequências poara seu protagonista, o Rio Branco, do Acre. Após ver o time coseguir liminar na justiça e seguir na disputa, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), deverá encaminhar o caso Fifa, o que poderá resultar em dráticas consequências para o time acreano.

De acordo com o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Rubens Approbato, os atos do Rio Branco poderá paralizar todo o futebol do estado, inclusive com a desfiliação de todos os eles da Fifa, o que impediria os times de exercerem suas atividades profissionais no futebol brasileiro. 
 
A princípio a medida pode parecer "pesada" demais, mas, ainda de acordo com o presidente do STJD, a Fifa, entidade máxima do futebol, traça regras internacionais que são respeitadas e seguidas por todos os países, inclusive o Brasil. A interferência da justiça comum poderá ser interpretada como uma falta gravíssima, o que levaria a entidade a atitudes mais radicais. 

O Rio Branco foi punido no STJD com a pena de eliminação da Série C após ter ingressado, ao lado do Estado do Acre,na Justiça comum, antes mesmo de ter passado por todas as instâncias da Justiça Desportiva, com o objetivo de obter uma medida cautelar autorizando a realização de jogos na Arena da Floresta, até então vetados por conta de recomendação do Ministério Público do Acre à CBF. 

Em seguida, após a exclusão, uma liminar da Justiça do Acre e do Rio de Janeiro determinou a reintegração do Rio Branco à Série C, que foi prontamente atendido pela CBF, ja que, em caso de negativa, a entidade teria que arcar com uma multa de R$ 10.000,00.

A liminar que colocou o Rio Branco na série C novamente foi julgada e a Justiça determinar à CBF que a fase final do Campeonato Brasileiro da Série C fosse paralisada. A decisão voltou a bagunçar a tabela do campeonato, que não teve no final de semana o confronto entre Rio Branco e América-RN, inicialmente marcado para sábado, às 19 horas. 

A decisão, tomada na última sexta-feira, não excluía o Rio Branco da Série C, como também não os colocava na disputa da fase final. O Luverdense (MT), que ficou sem a vaga na segunda e decisiva fase da Série C, promete buscar os seus direitos, e a novela deverá ser longa, até que se resolva e os times possam voltar à campo. (Agência Futebol Interior)

O PACTO de não concorrência no futebol profissional

VOCÊ ficaria satisfeito de saber que seu time foi derrotado em uma partida?? E se viesse a descobrir que o gol que decretou a vitória do adversário foi marcado por um jogador que tem os seus direitos federativos atrelados ao clube do coração?

Pois bem, para evitar episódios como este, os clubes normalmente inserem nos contratos de “empréstimo” dos atletas profissionais, a chamada cláusula de não concorrência, por meio do qual o clube que “empresta” um atleta a outro, tem a garantia de que aquele jogador não será utilizado contra si, em uma partida futura.
Assim, através da cláusula de não concorrência o clube evita que um atleta que ainda pertença aos seus quadros, seja utilizado, contra ele próprio, como reforço de um adversário direto, para o qual tenha sido “emprestado”.

Visando dar força a tal proibição, os clubes preveem contratualmente a aplicação de pesadas multas financeiras, as quais poderão ser cobradas do clube que tenha escalado o atleta cedido, em desrespeito a tal vedação de não concorrência. 

Na próxima rodada do Brasileirão, dois clubes que necessitam de resultados positivos(Palmeiras e Atlético-MG) se enfrentarão e, em virtude da cláusulas de não concorrência ficarão privados da utilização de dois importantes atletas: Pierre e Ricardo Bueno. 

Isto porque, o volante Pierre possui vínculos federativos atrelados ao Palmeiras e se encontra cedido ao galo mineiro. Por sua vez, Ricardo Bueno está percorrendo o caminho de volta, tendo sido emprestado ao alviverde paulista, pelo clube atleticano. Em ambos os contratos faz-se menção à cláusula de não concorrência!
Então, nestes casos, ou se paga a multa contratual e se escala o jogador cedido pelo adversário, ou os dois atletas desfrutarão de um dia forçado de descanso, pois estarão contratualmente impedidos de atuar contra seus ex-clubes.(José Eduardo, Esporte Legal)

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

A RODADA mostra a diferença entre técnicos inventores e os inventivos

Paulo Vinicius Coelho

CRISTÓVÃO Borges saiu por cima da 31a. rodada do Campeonato Brasileiro. Líder pela quinta vez -- o Vasco ficou em primeiro entre a 24a e a 27a rodadas --, Cristóvão teve como grande mérito mexer na estrutura da equipe no decorrer do primeiro tempo. E também... Inventar Diego Souza como centroavante.

A improvisação foi quase obrigatória, fruto da falta de opções do elenco e da lesão de Élton, de última hora. Pois imagine que o Vasco perdesse em Pituaçu, com Diego Souza no ataque. Cristóvão Borges seria professor pardal, inventor. Como deu certo...

Eis a diferença entre um técnico inventor e um inventivo.

O Vasco foi bem em Salvador. Seu técnico-interino também. Começou com Felipe na lateral, uma linha de três homens na armação, com Éder Luís à direita, Jumar à esquerda, Allan por dentro. O time ia bem, mas faltava chegada ao ataque. Éder veio para a esquerda, Felipe virou meia, Allan caiu pela direita.

A função de Diego Souza, como centroavante, não é novidade no Brasileirão. O Corinthians fez o mesmo com Alex, na ausência de Liédson e Émerson, nas partidas contra o Vasco, em São Januário, Atlético Goianiense, no Pacaembu. No Beira Rio, contra o Inter, quando trocou Liédson por Jorge Henrique, Tite também avançou Alex para atuar como centroavante. Deu certo. Alex sofreu a falta de D'Alessandro que resultou na expulsão do camisa 10 colorado e no gol, resultado também da falha do goleiro Muriel na montagem da barreira.

Como é inventivo esse Tite, hein...

OS QUE rodaram na rodada

Juca Kfouri


A RIGOR, só o Vasco se deu bem na 31a. rodada do Brasileirão e por isso reassumiu a liderança do campeonato.

Livrou dois pontos sobre o vice-líder Corinthians e o igualou no número de vitórias, 16,  superando-o no saldo de gols, 14 a 13. 

Verdade que o empate corintiano, pelas circunstâncias, acabou por ser um resultado razoável, mas o fato é que, tirante o time cruzmaltino, entre todos os demais pretendentes ao título, do Corinthians ao Inter, ninguém venceu. 

Pior: Botafogo e Fluminense perderam, o Botafogo injustamente, o Fluminense em casa. 

Já Flamengo, São Paulo e Inter, também em casa, só empataram. 

O Cruzeiro resistiu e permanece fora da Zona do Rebaixamento e o Figueirense cresce assustadoramente, com três vitórias seguidas e 10 jogos sem perder, já de olho em vaga na Libertadores. 

A rodada teve 26 gols e média de público na casa dos 15 mil pagantes por jogo, com apenas 829 torcedores no jogo do América, o pior público, e mais de 32 mil tanto no jogo do Inter, o de maior torcida, quanto no do Bahia. 

Estranha é a direção do Avaí que desrespeita o Estatuto do Torcedor e não forneceu renda e público pagante. Por que será? 

No meio de semana não tem rodada e, no domingo, o Vasco recebe o São Paulo enquanto o Corinthians recebe o Avaí, fazendo conta para não cair e para saber quantas pessoas frequentam a Ressacada em seus jogos. (blog do Juca Kfouri)

O PRIMEIRO grande favorito

Gerson Nogueira

 

A SETE rodadas do fim, o Brasileiro da Série A começa a afunilar e esboça talvez pela primeira vez um time realmente com pinta de campeão. Sim, o favorito é o Vasco, que pratica neste momento o futebol mais competitivo entre as demais equipes com chances de chegar. Contra o Bahia, ontem, essa condição se evidenciou de maneira insofismável. 

O Vasco de Diego Souza, Dedé e Felipe impressiona, acima de tudo, pela concentração no jogo, a entrega absoluta ao objetivo maior e a busca incessante pela posse da bola. O Bahia até tentou aplicar um sufoco inicial, mas foi logo convencido a se plantar cautelosamente atrás a fim de resistir ao forte ataque vascaíno. 

Depois do golaço de Felipe, o jogo ficou inteiramente favorável ao Vasco. No aspecto emocional era visível a falta de confiança dos baianos. Do outro lado, resplandecia a força coletiva dos cruzmaltinos. A marcação se manteve implacável durante quase toda a partida, afrouxando um pouco apenas nos 20 minutos finais.
Foi justamente nesse momento que, diante da pressão desesperada do Bahia pelo empate, apareceu outra virtude vascaína: o excelente condicionamento físico, que permite arranques de Diego Souza a partir de seu próprio campo. Foi em jogada de velocidade que nasceu o segundo gol, do próprio Souza, quando a defesa baiana já se arrastava em campo. 

Acima de tudo, o Vasco demonstra gana de campeão. Vencedor da Copa do Brasil, o time não se acomodou e aproveitou-se da instabilidade dos demais adversários para se intrometer na briga pelo título. A perda do técnico Ricardo Gomes, acometido de AVC, injetou o combustível extra para impulsionar a campanha. 

Caso preserve essa determinação, combinada com a maturidade emocional de seus jogadores, será difícil parar o Vasco. A sequência de jogos prevê duas duras batalhas domésticas, contra Botafogo e Flamengo, mas a curva do Almirante é ascendente, ao contrário do que demonstram seus rivais. (blog do Gerson Nogueira, Belém, Brasil)
 

domingo, 23 de outubro de 2011

PALMEIRAS tropeça mais uma vez e outros resultados de ontem


MESMO jogando no Canindé, palco dos shows lusitanos, o Verdão não se inspirou.
Diante do Figueirense, os comandados de Felipão deram outro um vexame.
Mais uma derrota no Campeonato Brasileiro e o sonho da Libertadores em 2012 está praticamente acabado.
Que sirva de lição para os dirigentes amadores que, sem pulso firme, não conseguem administrar o gigante Palmeiras.
De que adianta cifras astronômicas para Felipão, Valdívia e Kleber, se o futebol palmeirense não está valendo nada.
Seria essa fase pior que a era obscura dos anos 80?

No Engenhão…
O Galo mais lindo do mundo é “incaível”!!!
Já falei isso aqui e hoje, diante do Fluminense, ficou ainda mais claro.
Se o Flu não tinha Fred e Rafael Moura, o papel de matador ficou com André, o Infalível.
Assim, o Atlético deixa a zona perigosa e empurra o segundo time de Minas para mais perto da Série B.
Confio no outro Atlético, desta vez o Goianiense, para manter o Cruzeiro em seu devido lugar.
Cuca vai conseguir tirar o primeiro campeão brasileiro deste buraco.
Pode respirar aliviado, torcedor atleticano, vamos conseguir ficar na primeira divisão.


Na Arena do Jacaré…

O América-MG sempre faz um gol e começa bem seus jogos…
Mas toma a virada!
A lanterna no Brasileirão não é injusta.
Mas contra o Grêmio, o Colho que foi imortal.
Perdendo o jogo de virada, o clube mineiro foi guerreiro e conseguiu buscar o empate.
Tarefa difícil, pois o Tricolor faz ótima campanha no segundo turno do Brasileirão.
Mesmo com o resultado alcançado, o caçula de Minas ainda deve seguir sua triste sina.
Já para os gaúchos, uma ducha de água fria no objetivo de chegar à Libertadores.


Na Ressacada…
Avaí e Botafogo protagonizam posições inversas na tabela.
Antes do duelo, o Glorioso precisava vencer para assumir a liderança.
Já os catarinenses ainda alimentam a esperança de não cair para a segunda divisão.
A partida foi épica, com direito a golaço, virada e a ilustre presença de Guga.
E não é que o tenista tricampeão de Roland Garros tem o pé quente?

Com onze heróis em campo, o Leão de Florianópolis apagou a chama do Botafogo.
O próximo milagre já tem data e local: Pacaembu, dia 30 de outubro, diante do Corinthians.
Se cuida, Timão, o Avaí vem com tudo.

Na Série B…

A Lusa voltou!
O estádio Décio Vitta, em Americana, recebeu um movimentado jogo entre o time da casa e a Portuguesa.

A Lusa do Canindé, que já tinha 99,9999999% de chances de subir para a primeirona, conseguiu carimbar de vez o acesso à elite do Brasileirão.

Agora é comemorar a campanha brilhante com muito vinho e bolinho de bacalhau.
Para a próxima temporada, a diretoria deve segurar o bom elenco e o ótimo treinador.
Já a equipe de Americana precisa ligar o sinal de alerta.
O time segue no G-4, mas, sem Sérgio Guedes e Evair que faziam grande trabalho, ficou mais difícil garantir a troca de divisão.
Com a diferença de dez pontos para o segundo, os comandados de Jorginho já estão com a mão na taça.
O grupo e, claro, a torcida merecem esse título!!! (blog do Milton Neves)

PRESIDENTE do Clube do Remo é inocentado

LEIA no BLOGUE do Valentim:


VAMOS ver se os meios de comunicação - em especial a mídia esportiva - do Pará dão agora o mesmo espaço que dantes.

sábado, 22 de outubro de 2011

RIO BRANCO desiste da Série C

do blog Terra da Xelita
 
A DIRETORIA do Rio Branco se reuniu no inicio da tarde de hoje com um dos seus principais patrocinadores, o empresário Adem Araújo para que na próxima segunda feira (24) o clube anuncie sua desistência da briga jurídica contra a CBF. 
 
O Rio Branco conseguiu uma liminar no último dia 14 na 2ª Vara da Fazenda Pública de Rio Branco anulando a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que excluía o Rio Branco Football Club da disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. A decisão administrativa do STJD tomou por fundamento o fato de o time acreano ter ingressado na justiça comum antes de esgotadas as instâncias da Justiça Desportiva, para obter cautelar autorizando a realização de jogos com público no Estádio Arena da Floresta. Ontem (22) em cumprimento à decisão do Tribunal da Justiça do Estado do Rio de Janeiro, os jogos do Grupo E do Campeonato Brasileiro da Série C foram suspensos. Da Rádio Clube do Pará (Via DiáriOnLine)

PITACOS da 31ª rodada (André Isac)

Previsões da 31ª rodada:

Sábado
Avaí-SC x Botafogo-RJ - Empate
Palmeiras-SP x Figueirense-SC - Palmeiras
Fluminense-RJ x Atlético-MG - Empate
América-MG x Grêmio-RS - Grêmio

Domingo
Atlético-PR x Ceará-CE - Atlético-PR
Bahia-BA x Vasco da Gama-RJ - Empate
São Paulo-SP x Coritiba-PR - Empate
Internacional-RS x Corinthians-SP - Corinthians
Flamengo-RJ x Santos-SP - Santos
Cruzeiro-MG x Atlético-GO - Empate
(blog do André Isac, Goiânia, Brasil)

PITACOS da 31ª rodada (Milton Neves)

Miltão infalível dá seus palpites: tropeços dos concorrentes mantém Timão na ponta, mesmo perdendo para o Inter; Brasil ganha no Pan e uma enxurrada de empates…


Palmeiras 1 x 1 Figueirense. Nada além, nada além de uma ilusão… Pois é, o Verdão deu pinta de que iria longe.. E, de fato, está longe… Dos primeiros colocados…
Fluminense 1 x 1 Atlético-MG. Depois de vencer o Palmeiras, o Flu não consegue passar de um empate contra o Galo Mais Lindo do Mundo.
Avaí 1 x 0 Botafogo. O Fogão é o Verdão do Rio… Parecia que iria e não foi…
América-MG 0 x 2 Grêmio. Tudo bem que o Imortal anda aos trancos e barrancos, mas o Coelho, tadinho, tá pior…
São Paulo 1 x 1 Coritiba. O Fabuloso desencantou na Sul-Americana, mas o São Paulo vai dando adeus ao Brasileirão…
Internacional 2 x 1 Corinthians. Eu ando dizendo que o Colorado ainda vai subir muito, tem gente que não acredita… Mas o Timão tá com sorte, a concorrência também vai mal nessa rodada…
Atlético-PR 2 x 1 Ceará. Dessa vez o meu querido Vozão não vai resistir à ventania do Furacão…
Bahia 1 x 0 Vasco. Vai ser com um placar apertado, mas o Bora Bahêa Minha Porreta ganha do Vasco, que estacionou de vez…
Flamengo 1 x 1 Santos. O Mengão ainda tá perguntando se alguém anotou a placa e a marca do caminhão responsável pelo atropelamento no Engenhão… Empate suado com o Meu Peixe.
Cruzeiro 1 x 1 Atlético-GO. O esforço da Raposa para entrar no Z-4 tem sido grande, parece uma obstinação… Falta pouco…

GRUPO "E" da Série C está parado por decisão judicial

Bagunça Total! Tribunal do Rio manda CBF paralisar Grupo E da Série C

Agora, competição só terá andamento, após decisão da justiça 


A BAGUNÇA que havia no futebol brasileiro até cerca de 15 anos atrás com a farra dos clubes usarem a Justiça Comum para paralisar campeonatos, está de volta pela mãos do Rio Branco-AC. Depois de ser eliminado da Série C na última semana por ter se utilizado da Justiça Comum do Acre para mandar seus jogos no interditado estádio Arena da Floresta, o Rio Branco voltou a ingressar na Justiça Comum e conseguiu voltar à competição, que está na segunda e decisiva fase.

Mas na noite desta sexta-feira, em nova decisão da Justiça Comum, o Grupo "E" da Série C está suspensa até decisão definitiva da Justiça, ou se a vaga é do Rio Branco ou do Luverdense-MT. Não há previsão para esta decisão judicial.

Mais duelos jurídicos 

A nova decisão ainda cabe recurso, podendo o Superior Tribunal de Justiça e até o Supremo Tribunal Federal a mudarem a decisão da noite desta sexta-feira, o deixa o futebol em situação vulnerável. Tudo isto graças ao Rio Branco do Acre que está agindo da mesma forma política que agiam dirigentes que usavam o futebol para dividendos eleitorais entre os anos 1960/1980. é uma triste volta ao passado. 

Assim, o jogo entre o Rio Branco contra o América-RN, marcado para domingo, em Rio Branco-AC, já foi cancelado pela CBF. A medida foi tomada pelo dirigente Virgilio Elísio, baiano que é Diretor de Competições da entidade, e muito respeitado por sua seriedade. Após receber um fax do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro comunicando-o da decisão, ele não titubeou e cancelou o jogo no Acre.


Entendendo o caso 

Graças a uma decisão liminar do Juízo da 4ª Vara Cível do Forum Regional de Jacarepaguá - Comarca do Rio de Janeiro, o Rio Branco conseguiu voltar à Série C. Foi uma ação de nulidade proposta contra a Confederação Brasileira de Futebol e contra o Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O time do Acre está sendo representado pelo advogado carioca Tiago Coelho Amaro. 

Mas a CBF respondeu a esta ação e apresentou recurso ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro contra a decisão da 4ª Vara Cível e Jacarepaguá. E, na noite desta sexta-feira, o Desembargador Ricardo Couto de Castro da 7ª Câmara de Direito Civel, entendeu que a CBF está certa e, em um Agravo de Instrumento, determinou a paralisão da Série C, pelo menos os jogos do Grupo E. 

Na decisão do Desembargador Ricardo Couto, proferida na noite desta sexta-feira, ele não exclui o Rio Branco e nem coloca o Rio Branco na segunda fase da Série C, mas manda paralisar o Grupo "E" enquanto não houver decisão definitiva se a vaga nesta segunda fases é do Rio Branco-AC, através de subterfúgios jurídicos, ou do Luverdense-MT, conquistada dentro da legalidade e dentro de campo. 

Caso o Rio Branco permaneça na competição será aberto um precedente de proporções negativas infinitas, já que qualquer clube poderá ir para a Justiça Comum sem que haja punição. (Agência Futebol Interior)