sexta-feira, 30 de setembro de 2011

FORA, Ricardo!


O CONFRONTO dos líderes








HÁ UMA longa história nos confrontos entre Corinthians e Vasco pela história afora.
Neste domingo os líderes cruzmaltinos e os vice-líderes alvinegros têm tudo para acrescentar mais uma bela página em São Januário. 

Os números, pesquisados por CELSO UNZELTE, garantia de 100% de correção, são os seguintes: 

Corinthians x Vasco em todos os tempos:
105 jogos
Vitórias do Corinthians: 42
Vitórias do Vasco: 35
Empates: 28

Em São Januário (em todos os tempos):
23 jogos
8 vitórias do Corinthians
12 do Vasco
3 empates 

Pelo Brasileiro (1971 para cá)
43 jogos
13 vitórias do Corinthians
13 vitórias do Vasco
17 empates 

Pelo Brasileiro em São Januário
11 jogos
4 vitórias do Corinthians
4 vitórias do Vasco
3 empates
14 gols para cada lado.
(do blog do Juca Kfouri)

LUÍS Fabiano, o salvador da pátria sãopaulina?


INFORMAÇÕES e palpites da 27a rodada do Campeonato Brasileiro

por Paulo Vinicius Coelho

PALMEIRAS x AMÉRICA MINEIRO
Sábado, Canindé, 18h
PALMEIRAS – Problemas – Kleber (machucado), Marcos (machucado), Cicinho (machucado – Time provável (4-2-3-1) – Deola, Márcio Araújo, Maurício Ramos, Henrique e Gabriel Silva; Chico e Marcos Assunção; Tinga, Valdivia e Luan; Fernandão. Técnico: Luiz Felipe
AMÉRICA MINEIRO – Problemas – Gílson (machucado, dúvida), Dudu (machucado, dúvida) – Time provável (3-4-1-2) – Neneca, Micão, Ânderson e Everton Luís; Marcos Rocha, Leandro Amaral, Dudu e Gílson; Ulisses; Kempes e André Dias. Técnico: Givanildo de Oliveira
CURIOSIDADE – O último jogo em São Paulo entre as duas equipes, pela Série A, aconteceu em 2001. Vitória do Palmeiras por 3 x 1, gols de Pedrinho, Lopes e Fábio Júnior.
PALPITE – Palmeiras
ARBITRAGEM – Jaílson Macedo de Freitas (BA); Luís Carlos Silva Teixeira, Ádson Márcio Lopes

FLUMINENSE x SANTOS
Sábado, Raulino de Oliveira, 18h
FLUMINENSE – Problemas – Gum (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Diego Cavalieri, Mariano, Leandro Eusébio, Márcio Rozário e Carlinhos; Edinho e Diguinho; Rafael Sóbis, Lanzini e Marquinho; Fred. Técnico: Abel Braga
SANTOS – Problemas – Léo (terceiro cartão), Ganso (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Rafael, Danilo, Edu Dracena, Durval e Bruno Aguiar; Henrique e Arouca; Elano, Alan Kardec, Neymar; Borges. Técnico: Muricy Ramalho
CURIOSIDADE – Em 2005, Fluminense e Santos fizeram um jogo espetacular em Volta Redonda, com vitória tricolor por 4 x 3. Um dos gols do Flu foi marcado por Arouca. Abel Braga era técnico do Fluminense.
PALPITE – Santos
ARBITRAGEM – Héber Roberto Lopes (PR); Roberto Braatz, Luiz Souza Santos Renesto

BAHIA x AVAÍ
Sábado, Pituaçu, 18h
BAHIA – Problemas – Ávine (machucado), Thiego (machucado), Carlos Alberto (terceiro cartão) Souza (machucado, dúvida), Diones (machucado) – Time provável (3-4-1-2) – Marcelo Lomba, Marcos, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fahel, Fabinho, Hélder e Camacho; Jones Carioca e Júnior. Técnico: Joel Santana
AVAÍ – Problemas – Gustavo Bastos (terceiro cartão), Wélton Felipe (machucado) – Time provável (4-2-2-2) – Felipe, Daniel, Gian, Dirceu e Fernandinho; Bruno, Júnior Urso, Pedro Ken e Lincoln; Robinho e William. Técnico: Toninho Cecílio
CURIOSIDADE – Antes do Brasileirão 2011, apenas em 1974 Bahia e Avaí haviam se enfrentado, com vitória tricolor por 2 x 0, gols de Picolé e Piolho.
PALPITE – Bahia
ARBITRAGEM – Sálvio Spínola (SP); Márcio Luiz Augusto, Alex Alexandrino

SÃO PAULO x FLAMENGO
Domingo, Morumbi, 16h
SÃO PAULO – Problemas – Piris (terceiro cartão) – Time provável (4-3-1-2) – Rogério, Wellington, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Denílson, Casemiro, Carlinhos Paraíba e Cícero; Lucas e Luís Fabiano. Técnico: Adílson Batista
FLAMENGO – Problemas – Leonardo Moura (terceiro cartão) – Time provável (4-2-2-2) – Felipe, Galhardo, Welliton, Alex Silva e Júnior César; Aírton, Williams, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
CURIOSIDADE – Dos 13 jogos do Brasileirão no Morumbi,
PALPITE – São Paulo
ARBITRAGEM – Fabrício Neves Correa (RS); Bruno Boschillia, Júlio César Rodrigues Santos

VASCO x CORINTHIANS
Domingo, São Januário, 16h
VASCO – Problemas – Felipe Bastos (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Fernando Prass, Fágner, Dedé, Renato Silva e Julinho; Eduardo Costa e Rômulo; Éder Luís, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Élton. Técnico: Cristóvão Borges
CORINTHIANS – Problemas – Liédson (machucado, dúvida), William (machucado, dúvida), Morais (machucado), Émerson (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Júlio César, Alessandro, Paulo André, Leandro Castan e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Jorge Henrique, Alex e Danilo; Taubaté. Técnico: Tite
CURIOSIDADE – O Corinthians cogitou levar Adriano para o banco, vetou essa ideia e corre o risco de não ter nenhum centroavante no jogo de São Januário.
PALPITE – Vasco
ARBITRAGEM – Sandro Meira Ricci (DF); Roberto Braatz, Altemir Hausmann

ATLÉTICO MINEIRO x CEARÁ
Domingo, Arena do Jacaré, 16h
ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Renan Ribeiro (Réver (expulso), Dudu Cearense (terceiro cartão) – Time provável (4-2-3-1) – Giovanni, Carlos César, Werley, Leonardo Silva e Triguinho; Filipe Souto e Pierre; Neto Berola, Daniel Carvalho e Bernard; Magno Alves. Técnico: Cuca
CEARÁ – Problemas – Eusébio (terceiro cartão), Thiago Humberto (machucado), Erivélton (machucado), Diego Sacoman (machucado) – Time provável (4-3-1-2) – Fernando Henrique, Boiadeiro, Fabrício, Daniel e Vicente; Heleno, João Marcos, Michel e Rudinei; Osvaldo e Roger. Técnico: Estevam Soares
CURIOSIDADE – O primeiro jogo da história das duas equipes aconteceu em 1971, na campanha do título do Atlético. Vitória do Galo por 2 x 0 no Presidente Vargas, gols de Oldair e Dario.
PALPITE – Atlético Mineiro
ARBITRAGEM – Francisco Carlos Nascimento (AL); Dibert Pedrosa Moisés, Carlos Titara da Rocha

FIGUEIRENSE x CORITIBA
Domingo, Orlando Scarpelli, 16h
FIGUEIRENSE – Problemas - Édson Silva (terceiro cartão), Juninho (machucado, dúvida), Fernandes (machucado) - Time provável (4-3-1-2) - Wílson, Bruno, Roger Carvalho, João Paulo e Hélder; Túlio, Ygor, Maicon e Jean Deretti; Wellington Nem e Júlio César. Técnico: Jorginho
CORITIBA - Rafinha (machucado) - Time provável (4-2-3-1) - Vanderlei, Lucas, Émerson, Lucas Claro e Lucas Mendes; Léo Gago e Leandro Donizete; Tcheco, Marcos Aurélio e Éverton Costa; Bill. Técnico: Marcelo Oliveira
CURIOSIDADE - Ano passado, na Série B, o Coritiba foi campeão, mas perdeu em Florinaópolis por 2 x 0, gols de Ygor e Juninho.
PALPITE - Empate
ARBITRAGEM - Wilson Luiz Seneme (SP); Danilo Ricardo Simon Manis, João Gomes Jacome

ATLÉTICO PARANAENSE x INTERNACIONAL
Domingo, Arena da Baixada, 16h
ATLÉTICO PARANAENSE – Problemas – Marcinho (machucado), Wagner Diniz (terceiro cartão) – Time provável (4-3-1-2) – Renan Rocha, Edílson, Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Deivid, Marcelo Oliveira, Cléber Santana e Paulo Baier; Guerrón e Nieto. Técnico: Antônio Lopes
INTERNACIONAL – Problemas – Kleber (terceiro cartão), Rodrigo Moledo (expulso), Elton (machucado), Andrezinho (terceiro cartão), Leandro Damião (machucado) - Nei, Bolívar, Juan e Fabrício; Guiñazú e Bolatti; Ricardo Goulart, Oscar e D’Alessandro; Jô. Técnico: Dorival Júnior
CURIOSIDADE – No ano de sua melhor campanha recente, o vice-campeonato de 2004, o Atlético Paranense sofreu goleada por 6 x 0 do Internacional.
PALPITE – Empate
ARBITRAGEM – Paulo César Oliveira (SP); Alessandro Rocha de Matos, Émerson Augusto de Carvalho

GRÊMIO x CRUZEIRO
Domingo, Olímpico, 18h
GRÊMIO - Problemas - Gilberto Silva (terceiro cartão), Saimon (machucado) - Time provável (4-2-3-1) - Victor, Mario Fernandes, Rafael Marques, Edcarlos e Júlio César; Fernando e Fábio Rochemback; Marquinhos, Douglas e Escudero; André Lima. Técnico: Celso Roth
CRUZEIRO - Problemas - Wellington Paulista (machucado), Marquinhos Paraná (expulso), Leandro Guerreiro (machucado), Fabrício (machucado) - Time provável (4-3-1-2) - Fábio, Vítor, Léo, Victorino e Éverton; Sandro Manoel, Charles, Roger e Élber; Montillo e Bobô. Técnico: Vágner Mancini
CURIOSIDADE - O técnico Celso Roth promoveu o meia Iúri Mamute, de 16 anos. Vágner Mancini estreia pelo Cruzeiro contra o clube que dirigiu por apenas seis jogos, em 2010.
PALPITE - Grêmio
ARBITRAGEM - Elmo Alves Resende (GO); Carlos Berkenbrock, Jesmar Benedito Miranda de Paula

ATLÉTICO GOIANIENSE x BOTAFOGO
Domingo, Serra Dourada, 18h
ATLÉTICO GOIANIENSE - Problemas - Ânderson (expulso), Vítor Júnior (expulso), Juninho (machucado, dúvida), Agenor (terceiro cartão), Gílson (machucado), Joílson (machucado) - Time provável (4-3-1-2) - Márcio, Rafael Cruz, Leonardo, Paulo Henrique e Thiago Feltri; Pituca, Marino, Ernandes e Bida; Juninho (Felipe) e Anselmo. Técnico: Hélio dos Anjos
BOTAFOGO - Problemas - Nenhum - Time provável (4-2-3-1) - Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos e Renato; Herrera, Elkeson e Maicosuel; Loco Abreu. Técnico: Caio Júnior
CURIOSIDADE - Ano passado, o Botafogo venceu no Serra Dourada por 2 x 0, gols de Jóbson e Somália.
PALPITE - Botafogo
ARBITRAGEM - Alicio Pena Júnior (MG); Guilherme Dias Camilo, Janete Mara Arcanjo

CLUBE do Remo e Paissandú Sport Club, o clássico de futebol mais jogado do mundo!

Fonte: Internet


DILETOS amigos e leitores. O que me motiva esta postagem é o recorde de edições do Clássico Remo e Paysandu. Digo “recorde” porque acredito ser o mais disputado no mundo, salvo prova em contrário, embora o Guiness (livro dos recordes mundiais) ainda não o tenha registrado. ESSE clássico me enche de orgulho como paraense, onde quer que eu esteja.

Muito se tem propagado pela mídia esportiva paraense acerca da quantidade de edições do clássico Clube do Remo vs Paysandú S. Clube. 704 é o número a que se chegou no último 21 mar (2010).

(Atualização em 31ago2018: De lá para cá 745 jogos, sendo 259 vitórias do Remo, 231 do Paysandú e 255 empates, não considerando os jogos de WO que não existiram)

Passei então a acompanhar todas as edições do clássico desde 1990, registrando-as a cada peleja em planilha de computador própria. Antes, de 1914 até então, tomei como base uma publicação de J. Lynch, sob o título “570 jogos de Remo e Paysandu”, salvo falha de memória. Em 2003, o jornalista Ferreira da Costa, atual presidente da Aclep, estudioso do assunto, fez publicar um livro em que dá riqueza de detalhes como escalações, locais dos jogos, árbitros, público etc, artilheiros, enfim, um trabalho bastante criterioso, em comparação ao anterior, ainda que feitas algumas ressalvas. CERTAMENTE muitas horas de lazer sacrificadas em exaustivas pesquisas, em prejuízo das horas de lazer e do convívio de seus familiares e amigos.

ESTA é a postagem inaugural

Este humilde blogueiro
A MINHA vida ultimamente tem sido esta, a de postar diariamente, e criar blogues. 

Eu já criei o Blogue do Valentim (o meu primogênito querido); depois o Antonio Valentim, que agora mudei o nome para Capitão Valentim, onde falo mais especificamente dos assuntos da Força Aérea Brasileira (é o único deles que não é do Bloger e sim do Wordpress); mais tarde, o Bodas de Caná (blogue especializado em assuntos da fé católica). Além desses ainda colaboro com o DJ Leão, sobre o Clube do Remo.  

Trata-se de um belo passatempo de aposentado que sou. Ao mesmo tempo procuro informar ou divertir meus eventuais visitantes, sendo-lhes útil de alguma forma.

Eis que agora crio mais este: A BODEGA do Capitão Valentim, que se inaugura com esta singela postagem. Bodega é um termo bastante usado aqui na região Sul, sendo equivalente a mercearia, taberna ou botequim. Darei à BODEGA do Valentim a vocação de tratar do velho esporte bretão, o nosso tão afamado, querido e, muitas vezes mal-tratado futebol.

Não. Não tenho a pretensão de ser campeão de visibilidade, visitação ou leitura. Não. Mas, se você, que eventualmente navegando aqui e acolá pela rede mundial,  por ventura chegar a este blogue,  seja bem-vindo; não me furtarei de fazer o melhor.

Obrigado.


ANTONIO Valentim
Este amigo